AMA Supercross 2020

Hector Assunção finaliza participação

AMA Supercross 2020






A pré-temporada de Hector Assunção nos Estados Unidos terminou neste sábado (25), com a quarta etapa do AMA Supercross, em Glendale, no Arizona. O piloto da equipe Honda Racing, que está há mais de um mês em solo norte-americano, retorna ao país na próxima semana com bagagem cheia de evolução e muito aprendizado. O brasileiro realizou diversos treinos e competiu em três etapas na categoria 450SX da principal competição da modalidade. O objetivo foi investir na preparação para os campeonatos nacionais, que têm início a partir de março.


Diferente das duas corridas em Anaheim, na Califórnia, a etapa de Glendale foi em formato de "Tríplice Coroa", que conta com três corridas principais. Com isso, as regras para avançar a essas baterias mudam, já que não há as provas classificatórias (Heat). No primeiro treino, Assunção fez o 12º tempo do seu grupo, mas na sessão seguinte, ele teve problemas e finalizou em 23º. 


"Essa etapa foi a que me senti mais à vontade na pista, mesmo tendo a sessão de costelas como grande adversária. Cometi um erro no último treino ao pular um duplo em bandeira amarela. Assim, minha volta foi cancelada e não deu para baixar a marca para ir à repescagem", explica o atual campeão do Arena Cross, na categoria Pró, que acelera a motocicleta CRF 450R.
 
Na etapa de abertura, o brasileiro conseguiu se classificar para as provas noturnas e aproveitou ao máximo as oportunidades. "Foi uma experiência muito boa. Todo mundo que anda no motocross no Brasil tinha que correr aqui. É muito diferente do que a gente vê na televisão ou mesmo da arquibancada. Tudo isso vai me ajudar bastante na minha volta para esta temporada. Vou olhar muitas coisas de forma diferente", diz.


Assunção também ressalta que os aprendizados serão multiplicados para todos da equipe Honda Racing de motocross. "Não vim aqui em busca de um grande resultado e sim de uma boa bagagem para levar ao Brasil. Meu treinador, Ricardo Franzini, também aprendeu bastante nesses dias aqui. A experiência, com certeza, vai valer para o time inteiro", completa o paulista de 27 anos.
 

Para o chefe de equipe Cale Neto, a missão foi concluída com sucesso. "Estou muito feliz com o trabalho que fizemos. Nossa equipe se empenhou bastante para esse projeto. Agora que já temos os pontos a melhorar vamos treinar muito mais para outras oportunidades de participar tanto do AMA quanto de outras provas internacionais", finaliza.


Enquanto a Honda Racing Brasil se despede da competição, a Team HRC segue forte no AMA Supercross, A etapa de Glendale coroou o alemão Ken Roczen, que venceu as três corridas principais do dia pela classe 450 SX e ampliou a liderança no campeonato - formado por com 17 rodadas no total.
 
A equipe Honda Racing de Motocross é patrocinada pela Pro Honda, Circuit, Apinestars, DID e Seguros Honda.
 
Resultados – 4ª etapa AMA Supercross 2020 – Cinco primeiros
 
Classificatório 1 - 450SX – Grupo A

1º #9 Adam Cianciarulo – 1:02.530
2º #94 Ken Roczen – 1:03.122 – Team HRC
3º #3 Eli Tomac – 1:03.309
4º #21 Jason Anderson – 1:03.365
5º #15 Dean Wilson – 1:03.397
12º #10 Justin Brayton – 1:04.275 – Team HRC
 
Classificatório 1 - 450SX – Grupo B

1º #92 Austin Politelli – 1:05.517
2º #67 Jerry Robin – 1:05.887
3º #43 John Short – 1:06.330 
4º #86 Joshua Cartwright – 1:06.465
5º #56 Justin Starling – 1:07.367
12º #304 Hector Assunção – 1:08.634 – Honda Racing Brasil
 
Classificatório 2 - 450SX – Grupo A

1º #9 Adam Cianciarulo – 1:01.333
2º #3 Eli Tomac – 1:01.445
3º #94 Ken Roczen – 1:01.954 – Team HRC
4º #21 Jason Anderson – 1:01.971
5º #27 Malcolm Stewart – 1:02.174
13º #10 Justin Brayton – 1:03.124 – Team HRC
 
Classificatório 2 - 450SX – Grupo B

1º #86 Joshua Cartwright – 1:05.035
2º #92 Austin Politelli – 1:05.083
3º #67 Jerry Robin – 1:05.562
4º #981 Curren Thurman – 1:05.745
5º #43 John Short – 1:05.848
23º #304 Hector Assunção – 1:19.136 – Honda Racing Brasil
 
Última chance de classificação – 450SX

1º #61 Alex Ray
2º #22 Chad Reed
3º #71 Ryan Breece
4º #67 Jerry Robin
5º #722 Adam Enticknap
 
1ª Corrida principal – 450SX
1º #94 Ken Roczen – Team HRC
2º #3 Eli Tomac
3º #9 Adam Cianciarulo
4º #27 Malcolm Stewart
5º #21 Jason Anderson
7º #10 Justin Brayton – Team HRC


2ª Corrida principal – 450SX
1º #94 Ken Roczen – Team HRC
2º #3 Eli Tomac
3º #21 Jason Anderson
4º #4 Blake Baggett
5º #1 Cooper Webb
7º #10 Justin Brayton – Team HRC


3ª Corrida principal – 450SX
1º #94 Ken Roczen – Team HRC
2º #21 Jason Anderson
3º #3 Eli Tomac
4º #1 Cooper Webb
5º #37 Martin Davalos
9º #10 Justin Brayton – Team HRC


Consolidado das três corridas
1º #94 Ken Roczen - 26 pontos – Team HRC

2º #3 Eli Tomac – 23 pontos
3º #21 Jason Anderson – 21 pontos
4º #1 Cooper Webb – 19 pontos
5º #51 Justin Barcia – 18 pontos
6º #10 Justin Brayton – 17 pontos Team HRC

Classificação do campeonato – 450SX (após 4 etapas)
1º #94 Ken Roczen – 92 pontos – Team HRC
2º #3 Eli Tomac – 84 pontos
3º #51 Justin Barcia – 81 pontos
4º #21 Jason Anderson – 78 pontos
5º #1 Cooper Webb – 72 pontos
7º #10 Justin Brayton – 63 pontos – Team HRC