Entrevista Especial com Emerson Loth

Um dos principais pilotos na atualidade, ele se mantem favorito  em todos os campeonatos que disputa. Conheça um pouco mais desse profissional dedicado, família e apaixonado pelo Enduro de Regularidade.

Entrevista Especial com Emerson Loth
Entrevista Especial com Emerson Loth
Entrevista Especial com Emerson Loth
Entrevista Especial com Emerson Loth
Entrevista Especial com Emerson Loth






Entrevistamos o empresário e bicampeão do Enduro da Independência  Emerson Loth. Um dos principais pilotos na atualidade, que se mantem favorito  em todos os campeonatos ao qual disputa. Conheça um pouco mais desse profissional dedicado, família e apaixonado pelo Enduro de Regularidade.

 

Emerson Loth, primeiramente obrigado pela gentileza e disponibilidade conosco que somos apaixonados pelo Enduro de Regularidade. Como regra, temos que voltas décadas atrás para entender como e quando foram suas primeiras "aceleradas” nas trilhas. Qual suas primeiras influencias  que o trouxe para o off road e quando conheceu o Enduro de regularidade.

Minha primeira influência off road foi meu pai e meu Irmão.. Meu pai tinha uma XL 250 e começaram andar em um terreno grande que tinha perto da minha casa, isso desencadeou a minha vontade de ir para trilha.

 

A trajetória comum passa pelas categorias de base.  Conte como foram suas primeiras experiências  nas competições, já começou "bombando” ou foi evoluindo naturalmente? Quais as dificuldades encontradas naquela época?

Passei pelas categorias de base sim, mas na época meus resultados eram Péssimos (Kkk)  porque tinha que navegar e eu gostava só de acelerar. Mas fiquei um tempo fora da moto, e quando voltei em 2009 eu já estava mais maduro e acabei me apaixonando pelo regularidade.

Sua trajetória é de muito trabalho, superação e perseverança.  Desde o inicio até aqui, como você ver a sua trajetória profissional? Teria acrescentado ou retirado algo que lhe favorecesse no seu atual momento?

Quase 100% das histórias de pessoas que vencem algo na vida, são de superação. Vencer nunca é fácil em esporte algum. Eu já treinei bastante, me dediquei bastante para buscar os resultados que gostaria de ter, eu não acrescentaria e retiraria algo, pois sempre aprendi muito mais com as derrotas do que com as Vitórias.

 

As motocicletas evoluem a cada ano. Hoje você é piloto KTM da concessionaria  Sacramento. Conte-nos  sobre o modelo que você esta usando,  bem como a sua rotina de treinos que lhe mantem competitivo.

Com certeza a cada ano as marcas vão inovando. Hoje corro pela ktm Sacramento e uso a ktm 350Exc-f. Minhas rotinas de treinos estão fracas (kkk)não tenho treinado praticamente nada por conta Loja Bomba Racing. Estou focado nas corridas, mas também muito focado na loja para ter um reconhecimento nacional também. Se manter competitivo o que ajuda é a experiência, a paixão pelo regularidade e a genética eu acho (kkkkk.

Sobre a evolução dos equipamentos de navegação, você ainda pegou a época das folhas A4? E sobre a transição para a navegação digital, quais as vantagens e desvantagens ( se houver) do novo sistema?

A tecnologia vem dominando tudo no mundo e não seria diferente no nosso esporte, não vejo desvantagem em usar o digital para navegar, tanto o papel como o celular podem dar problemas, acho que a navegação digital deixou a prova mais segura para a pilotagem.

 

Com o calendário do Enduro de regularidade tão apertado,  Brasileiro, Regional, estadual e outras ) você ainda assim sente vontade de disputar outras modalidade?  E se sim, qual seria e porque?

Para eu participar de outra modalidade eu teria que abrir mão do regularidade, tenho planos de correr algumas provas de rally sim, mas isso vai ser somente como uma experiência que quero viver e colocar na minha história também, não é algo que me atrai mais que as trilhas que o regularidade encara.

 

Embora o off road esteja com uma crescente visibilidade, ainda temos poucos pilotos que podem se dedicar 100% a ele.  Assim como todo esporte, o atleta precisa  de dedicação total  e com isso precisa de empresas que colaborem no projeto em busca dos melhores resultados.  Além da sua loja Bomba Racing, quais as empresas  que seguem viabilizando sua vitoriosa  trajetória?

Realmente não é fácil se dedicar 100% a moto. Normalmente conciliamos as corridas, treinos, com o trabalho, mas acho isso possível e tranquilo, só depende da força de vontade do atleta, independente do esporte, sou piloto da Pro Tork faz vai fazer 10 anos, além da Pro Tork conto com a ktm Sacramento, Rinaldi, Orma Motos 5inco Factory, R2, Gaction, Nos, Motul.

Há poucos dias você sagou-se Bicampeão do tradicional Enduro da Independência.  Poucos sabem das reais dificuldades que os pilotos encaram durante quatro dias de competição em alto nível, concorrendo com os melhores pilotos da modalidade. Qual a mudança na estratégia,  o que você conseguiu fazer para voltar a ganhar e a emoção de conquistar e levar a taça pra casa pela segunda vez.

Muita emoção mesmo ao vencer o independência novamente. Minha estratégia foi fazer uma prova 100% regular, tirar um pouco a mão e andar seguro os 4 dias de prova. Deu tudo certo e saímos com a vitória totalmente dedicada a minha família.

 

Após a expressiva conquista, quais as prioridades ainda em 2019? E em janeiro de 2020, podemos contar com você na 33º edição do Rally Cerapió/piocerá na abertura do campeonato Brasileiro?

A prioridade em 2019 ainda é o campeonato brasileiro que acontece em Sorriso MT, em novembro.  Ainda é cedo para falar sobre 2020.

 

Emerson Loth, foi um prazer conversar com você. Deixo espaço aberto para você fazer suas considerações finais e mandar uma mensagem aos pilotos iniciantes no Enduro de regularidade.

Só tenho que agradecer o espaço, todas as conquistas que tive na minha Carreira nunca foram conquistadas sozinho, por trás do piloto existe muitas pessoas, agradeço muito a minha família e amigos que sempre estão me apoiando, ajudam muito no que for preciso, agradeço a todos os patrocinadores, Pro Tork, Sacramento Ktm, Rinaldi, Orma Motos, Gaction, 5inco Factory, R2, Nos, Motul, Bomba Racing. A mensagem que posso deixar para os iniciantes é que a palavra "desistir” não pode existir para quem quer vencer algo na vida, independente do esporte, em especial o regularidade  exigi muita persistência. Então nunca desista.