Yamaha divulga projeções para 2020

Empresa comemora 50 anos de Brasil com o crescimento no início de 2020 e projeta novos rumos.

Yamaha divulga projeções para 2020
Linha de montagem da Yamaha no polo industrial de Manaus






Segundo os dados divulgados pela ABRACICLO, as vendas de motos da Yamaha cresceram 9% no atacado, e 17% no varejo em relação a 2018. Foram 153.125 mil unidades produzidas no Polo Industrial de Manaus ano passado, o número é 0,91% maior em relação ao mesmo período de 2018, quando o volume produzido foi de 151.744 mil, aumento de 1.381 unidades. 

Apesar do crescimento nas vendas, as exportações foram muito prejudicadas pela instabilidade econômica na Argentina, principal destino das vendas externas, e representou uma queda de 74, 89%, indo de 12. 279 unidades para 7.021 pcs.  “É difícil competir com o custo dos outros países, quando você pensa no mundo asiático, eles conseguem vender um produto mais barato para Argentina, saindo da China ou da Tailândia, então é difícil porque o custo do Brasil prejudica a nossa competitividade”, explicou o Gerente Executivo da Yamaha na Amazônia, Anderson Chaves.

Apesar desta situação no mercado, a Yamaha do Brasil comemora 50 anos de Brasil com o crescimento no início de 2020 e projeta novos rumos para o país. Através de novos modelos e um alto investimento em tecnologia, a marca prepara 3 motos que serão produzidas em Manaus com a inspiração nos heróis da Marvel conforme apresentado no salão duas rodas em 2019.