Yamaha obtém bons resultados na etapa do MotoGP

Viñales é 4º e Morbidelli o 6º, na MotoGP em Aragón

Yamaha obtém bons resultados na etapa do MotoGP
Fotos: Yamaha MotoGP/Petronas SRT






O Grande Prêmio de Aragón, neste domingo (18/10), terminou com os pilotos Maverick Viñales e Franco Morbidelli nas primeiras posições depois de uma corrida movimentada e cheia de reviravoltas.

 

Largando nas primeiras posições, os pilotos Yamaha assumiram o controle da prova no início. Maverick Viñales, da Monster Energy Yamaha MotoGP, largou da segunda posição do grid e logo assumiu a liderança da prova. O piloto espanhol brigou pelo pódio até o final, mas terminou na quarta colocação, somando 13 pontos e subindo para a terceira colocação no campeonato.

 

Franco Morbidelli completou a prova de forma consistente, lutando no pelotão da frente e terminando a corrida de 23 voltas na sexta posição. O ítalo-brasileiro teve uma grande largada, mas perdeu posições para Viñales e Quartararo. Ainda perdeu uma posição na última curva e finalizou a prova na sexta posição.

 

Por causa das lesões sofridas em uma queda no treino livre e com problemas na pressão do pneu dianteiro, Fabio Quartararo teve rendimento abaixo do esperado e perdeu várias posições. O francês cruzou a linha de chegada na 18ª colocação, o que o coloca no segundo lugar no campeonato.

 

Fora da disputa de hoje por testar positivo para a Covid, Valentino Rossi caiu para 14º lugar na classificação. A Yamaha continua liderando na classificação de construtores. A Petronas Yamaha SRT é a segunda por equipes e a Monster Energy Yamaha MotoGP é a quarta na classificação por equipes.

 

No próximo final de semana (23 a 25 de outubro) será a terceira das três provas consecutivas da rodada tripla, e novamente os pilotos estarão acelerando no Circuito de Aragón, no Grande Prêmio de Teruel.

 

Resultados – 10ª Etapa - Grande Prêmio de Aragón

1) Alex Rins

2) Alex Marquez +0.263

3) Joan Mir +2.644

4) Maverick Viñales +2.880

5) Takaaki Nakagami +4.570

6) Franco Morbidelli +4.756

18) Fabio Quartarararo +21.498

 

Classificação do Campeonato após 9 etapas:

1º) Joan Mir / 121 pontos

2º) Fabio Quartararo / 115 pontos

3º) Maverick Viñales / 109 pontos

4º) Andrea Dovizioso / 106 pontos

5º) Takaaki Nakagami / 92

6º) Franco Morbidelli / 77 pontos

14º) Valentino Rossi / 58 pontos

 

Maverick Viñales - “Estou tão feliz por ter começado bem. Estava à frente do grupo 0,7s após a primeira volta. Isso me deu muita confiança. Fiquei muito feliz com minha primeira volta. O pneu macio na frente também me deu uma boa confiança neste fim de semana. Meu problema era na traseira. Depois de cinco ou seis voltas, houve uma grande queda no lado esquerdo. Estava perdendo tempo em setores com muitas curvas à esquerda, mas nas curvas à direita fui bem rápido, o que foi bom. Tiramos o máximo da moto hoje. Precisamos trabalhar para o próximo fim de semana. A nossa moto tem pontos fortes e pontos fracos. Não podemos tornar os seus pontos fracos mais fortes, mas podemos tornar os seus pontos fortes ainda mais fortes, trabalhando na direção que se adequa à Yamaha. O objetivo é começar na frente novamente na próxima semana e depois entrar em um ritmo mais rápido do que hoje. No final da corrida, consegui fazer voltas rápidas novamente. Eu fazia aquelas voltas com meus olhos fechados. Eu estava pressionando tanto, porque queria ter a oportunidade de passar Joan. Sinceramente tentei, e foi bom porque agora sei que tenho algo a mais para dar nas últimas voltas se precisar nas próximas corridas.”

 

Fabio Quartararo - "Foi uma corrida muito estranha. Sabíamos que o nosso ritmo não era dos melhores mas não esperávamos terminar nesta posição. Esperava estar mais à frente, mas tivemos um problema com o pneu dianteiro. É a primeira vez que usamos este pneu, foi ótimo começar nas primeiras três voltas, mas a pressão ficou muito alta. Não dava para andar, não sentia a frente. Estou decepcionado porque sem esse problema acho que poderíamos ter lutado por um resultado melhor. Não é fácil entender o porquê, mas vamos olhar e nos preparar para o próximo fim de semana, quando estivermos aqui novamente".

 

Franco Morbidelli - "Lutei muito para disputar com as pessoas no início da corrida, tínhamos o pneu dianteiro médio e perdi muito terreno nas primeiras voltas, lutando com alguns pilotos. Quase no final peguei o Maverick [Viñales] mas não cheguei perto o suficiente para atacá-lo, ele estava mantendo a distância. Infelizmente, também perdi para o Takaaki [Nakagami] na última curva. No entanto, foi uma boa corrida, especialmente nas últimas doze voltas, onde consegui manter um ritmo muito consistente. Está nos faltando alguma coisa, então vamos tentar resolver isso para o próximo fim de semana".

Crédito: Yamaha Racing Brasil