Pegas acirrados marcam a etapa do SuperBike Brasil

Interlagos recebe disputas emocionantes na motovelocidade

Pegas acirrados marcam a etapa do SuperBike Brasil
Fotos: Pablo Duarte e J.Capreti / SuperBike Brasil






SuperBike - Pedro Sampaio faturou a primeira vitória na categoria SuperBike Pro e é o novo líder do campeonato com 86 pontos. Matheus Barbosa, que largou na quarta posição, chegou a assumir a dianteira da corrida, mas sofreu uma queda e precisou abandonar a prova ainda nas primeiras voltas. Com isso, o caminho ficou completamente livre para Sampaio chegar na frente com o tempo de  1min37s816.  A bordo de sua CBR 1000RR Fireblade SP, o piloto foi o único representante da Honda Racing nesta etapa porque seu companheiro de equipe, Eric Granado, participa da última rodada do Mundial de Superbike, em Portugal.

“Lutei por esse momento, treinei muito e a equipe também trabalhou muito. É meu terceiro ano no SuperBike  e essa vitória estava demorando para vir. Foi menos difícil porque o Eric não estava presente, mas nas próximas eu quero poder brigar com ele. Sou o atual líder do campeonato e pretendo seguir nesse caminho”, projeta Sampaio.

Léo Tamburro (#53) administrou o ritmo durante todo o percurso e garantiu a segunda colocação em sua estreia na principal categoria do campeonato. O terceiro lugar teve duelo acirrado. Julio Fortunato fez corrida de superação e, mesmo com o pé fraturado, levou a melhor na Extreme.  Osvaldo Filho "Duende" foi o vencedor na Stock.  André Verissimo fechou a lista dos mais velozes e venceu na Evo.

.

Resultado Final 

1- Pedro Sampaio #28 - Honda Racing

2- Léo Tamburro #53 - Jc Kawasaki Racing

3- Julio Fortunato #56 - Sport Plus Racing

4- Bruno Corano #34 - BMW Motorrad

André Veríssimo (#9), que também disputou a SuperBike,  voou na frente dos adversários e venceu com folga a etapa da categoria Evolution ao marcar 1min41s322. O piloto, da Paulinho SuperBikes, saiu na pole position, imprimiu ritmo eletrizante e liderou a prova de ponta a ponta.

“A corrida foi bem tranquila. O pessoal ficou se pegando atrás de mim e eu só administrei a frente. Não tive problemas neste final de semana. Os treinos foram bons e consegui baixar meu tempo”, conta Veríssimo.

Osvaldo Filho "Duende” (#55) soube segurar a forte pressão pelo segundo lugar e foi o ganhador na categoria Stock com o tempo de 1min42s809. Felipe Comerlatto (#186) cruzou a linha de chegada em terceiro, à frente de Victor Villaverde (#42 ), Marcelo Skaf (#177) e Bruno Corano (#34). Raphael Santos (#65) conquistou a categoria light. E Alex Godoi (#606), a Master.

 

Resultado Final

1- André Veríssimo #9 - 1:41.322

2- Osvaldo ”Duende” #56 - 1:42.809

3- Felipe Comerlatto #186 - 1:42.424

4- Victor Villaverde #42 - 1:42.427

5- Marcelo Skaf #177 - 1:43.131

 

Copa Pro Honda CBR 650R - A  Copa Pro Honda CBR 650R foi de tirar o fôlego com Guilherme Brito  (#44), Rafael Rigueiro (#52) e João Vitor Carneiro (#14) disputando cada centímetro da pista durante toda a corrida. Nas últimas voltas, eles ainda tiveram de administrar os retardatários.  Em duelo emocionante, definido na linha de chegada, o pole position Rafael Rigueiro foi superado por Guilherme Brito com diferença de apenas  16 milésimos.  O piloto, da Motonil Motors, conquistou a vitória e segue na liderança do campeonato.  João Vitor Carneiro ficou com a terceira posição.

 

“Mais uma corrida disputada até a linha de chegada. Foi difícil porque os pilotos estavam rápidos e os retardatários deram uma bagunçada no jogo. Mas consegui ganhar mais uma e somar mais pontos no campeonato”, comemora Brito.

Juracy Rodrigues Black (#56) largou bem, cravou o tempo de 19min08s066 e foi o grande vencedor na Master. Richard Oliveira (#777) fez 1min48s680 e faturou a Light.

 

Resultado Final

1- Guilherme Brito #44 - 1:45.376

2- Rafael Rigueiro #52 - 1:45.666

3-João Vitor Carneiro #14 - 1:45.541

4-Juracy Black #5 - 1:45.888

5-The Manna #770 - 1:45.651

 

 

SuperSport 600 - Léo Tamburro (#53) seguiu sem dar chance aos adversários e venceu  mais uma na SuperSport 600 com o tempo de 1min43s046. Invicto, o piloto da Kawasaki Racing Brasil faturou todas as quatro provas da categoria no ano e ainda festejou o segundo lugar em sua estreia na SuperBike Pro, nesta etapa.

“Me poupei um pouco na categoria principal para fazer um bom trabalho na 600cc. E tive um final de semana melhor do que eu imaginava”, Afirmou Léo.

Rubens Mesquita (#11) conquistou o segundo lugar na geral, mas foi o grande vencedor da Stock, seguido de Magno "Menino Ouro" (#78) (Stock), que ficou em quinto entre todos os competidores. Julio Cesar Parra  (# 91) venceu na Extreme. E Rogerio Fernandes (#31),  na Master.

 

Resultado Final

1 -  Léo Tamburro # 53 - 1:43.046

2 -  Rubens Mesquita  # 11 - 1:43.494

3 -  Daniel Gurge # 8  - 1:44.533

4 -  Julio Cesar Parra  # 91 - 1:45.672

5 -  Magno "Menino Ouro" # 78 - 1:47.260

 

 

SuperBike / SuperSport Escola - O poleposition Leandro Pardini (#187) largou bem, manteve o ritmo intenso e venceu sem dificuldade na categoria SuperSport Escola com o tempo de 1min47s043. Na sequência, vieram os pilotos Marcelo Augusto Oliveira (#91), Serginho (#64), Luis Armando Boechat (#8) e Everton Costa (#81). Entre os Estreantes da SuperBike, Pedro Kamikaze (#26) foi o mais veloz.

O argentino Franco Pandolfino (#117) foi o destaque da SuperSport Escola. Já Pedro Kamikaze (#26) venceu na categoria estreante.

 

Resultado Final

1 -Leandro Pardini   #187 - 1:47.043

2 -Marcelo Augusto Oliveira #91 - 1:47.983

3- Sergio Silva "Serginho" #64 - 1:49.062

4 -Luis Armando Boechat #8 - 1:48.154

5 -Everton Costa #81 - 1:49.059

 

 

Felipe Gonçalves (#30) é o nome a ser batido na SuperSport 400. O piloto da equipe Paulinho Superbikes segue embalado na competição e largará novamente na ponta ao marcar 1min51s769. Arthur Costa (#99), Lincoln Melo (#29), Christian Cerciari (#20) e Niko Ramos (#822) fecham os cinco primeiros.  Gustavo Manso (#88), da Dezeró Racing, cravou o menor tempo na R3 com 1min54s688. Nas master, Fabricio Zamperetti (#113), da Zitto/ LAG, será o representante da R3 e José Assis (#8) o da 400cc. 

 

Resultado Final

1- Felipe Gonçalves #30 – 1:51.769

2- Arthur Costa #99 – 1:51.933

3- Lincoln Melo #29 – 1:52.532

4- Christian Cerciari #20 – 1:53.776

5- Niko Ramos #822 – 1:54.580

 

 

Honda Junior Cup - Guilherme Foguetinho (#27) fez a festa com a conquista da primeira vitória na Honda Junior Cup ao anotar o tempo de 2min27s793. O piloto largou na terceira posição, mas conseguiu alcançar o pole position João Teixeira (#14) em disputa empolgante definida nos metros finais da prova.

“Eu tive uma queda e larguei em terceiro. Vim estudando o Joãozinho a corrida inteira e, na volta final, consegui ultrapassá-lo”, segundo Guilherme.

Cauã Buzo (#47) ficou em terceiro. Giovanna Brasil (#621) e Gustavo Santos "Caixinha" (#25) completaram o pódio da categoria-escola. 

 

Resultado Final

1 -Guilherme Foguetinho #27

2 -João Teixeira #14

3 - Cauã Buzo #47

4 -Giovanna Brasil #621

5 -Gustavo Santos "Caixinha" #25

 

Crédito: Imprensa SuperBike Brasil