Adrien e Bissinho vencem Rally Jalapão

Piloto francês consegue vitória inédita na categoria principal e brasileiro vence na categoria nacional

Adrien e Bissinho vencem Rally Jalapão






As duas principais fabricantes de motos do Brasil possuem motivos para comemorar o encerramento do Rally Jalapão 2020. Além de marcar com grande estilo o retorno das competições de Rally no Brasil, Honda e Yamaha levaram seus times ao topo do pódium. 

Julio Bissinho Zavatti foi o grande vencedor da categoria dedicada a motos fabricadas no Brasil. Ele disputou os 3 dias de prova com a bordo de uma Honda CRF 250F, modelo lançado dois anos atrás para oferecer um upgrade natural à legião de fãs da CRF 230F, legítima rainha das trilhas no país. 

Já a Yamaha investiu pesado na formação de um time que busca quebrar a hegemonia da Honda nos campeonatos dos últimos anos. Ao comando do experiente Wellington Valadares, Campeão Brasileiro de Motocross, o time formado por Adrien Metge (França) e os brasileiros Ricardo Martins e Túlio Malta, vem forte para a temporada. Pelo visto a disputa deste ano será a mais emocionante dos últimos tempos. 

"Estou muito feliz em voltar ao Brasil depois de alguns anos, e voltar ganhando é muito bom. De volta ao Brasil, tive que me acostumar novamente com a planilha, que é um pouco diferente dos rallys que fiz nos últimos 5 anos. O primeiro dia usei pra me adaptar e pegar ritmo com a moto, havia andado pouco com ela ainda. Do segundo dia em diante estava melhor e consegui atacar um pouco mais, venci o segundo dia e no terceiro consegui buscar a diferença pra vencer a prova. Estou muito feliz pela equipe Yamaha IMS Rally Team, muito feliz pela equipe toda que fez um trabalho muito bom. Foram dias de muito trabalho, mas também foram dias de muitas risadas. O clima está muito bom na equipe, e isso é muito importante." Adrien Metge

"O Rally Jalapão, uma prova pra abrir o campeonato, a organização está de parabéns, seguiu todos os protocolos de segurança, estão abrindo o campeonato, a gente precisa disso, de pessoas assim, que façam o certo e deem sequência, a vida tem que continuar. A corrida deste ano não entrou no Jalapão, por medidas de segurança, pra proteger o povo de lá, a prova foi toda dentro de fazendas, três dias bem bacanas. Infelizmente no primeiro dia, com 10 km de prova acabei batendo o pé no chão e machuquei o joelho. Então o primeiro e segundo dias fiz com muita dor, mas aos poucos foi melhorando. Pra mim foi praticamente uma corrida de recuperação. Só tenho que agradecer a minha equipe, a moto esteve impecável todos os dias. Parabéns pro Adrien, que andou muito bem, estou muito feliz com esse resultado da equipe. Agora vamos seguir trabalhando porque nosso projeto é de longo prazo e ainda temos muitos pontos a melhorar." Ricardo Martins

NACIONAL

Com vitórias nos três dias de prova, Bissinho Zavatti conquistou neste sábado (29/8) o título da categoria Rally Brasil, direcionada a motocicletas de fabricação nacional, no Rally Jalapão. O piloto da equipe Honda Racing também conduziu a CRF 250F até o nono lugar da classificação geral das motos, único modelo nacional diante dos produtos importados e acima de 450 cilindradas que marcaram o Top 10 da competição. Bicampeão nacional e quatro vezes vencedor do Sertões na Rally Brasil, Zavatti começou a temporada 2020 da melhor forma.

Foi uma prova muito boa, estou feliz por voltar às competições com um resultado importante. A moto estava perfeita em todas as etapas”, conta o paulista de Monte Alto. Na terceira e última etapa, para encerrar a prova de forma invicta, a palavra de ordem foi cautela. “Fui mais conservador no final, não arrisquei para manter os bons resultados e fechar com outra vitória.

GERAL

Na disputa pelo título principal nas motos, a taça escapou das mãos do gaúcho Gregório Caselani na terceira e última etapa. Após liderar o ranking nos dois primeiros dias de prova com a Honda CRF 450RX, ele sofreu uma queda no km 10 da especial. “O tombo prejudicou a frente da moto e eu fiquei sem GPS. Mantive um bom ritmo até o final, mas acabei perdendo dois waypoints, o que gerou punição e me tirou a vitória. Estou chateado, pois vinha fazendo uma ótima prova, mas são coisas de corrida.”, analisa. 

Caselani terminou a prova em terceiro lugar na geral das motos e da categoria Super Production, seguido pelo companheiro de equipe Jean Azevedo. “Foi um bom rali para iniciar a temporada”, afirma o paulista. “Daqui a 10 dias já temos a segunda etapa do Brasileiro, com o Rally RN 1500”, lembra Azevedo. 

Quem se deu bem foi Adrien Metge, com uma pilotagem consistente que o levou ao título e deixando sua equipe na liderança do Campeonato. Isto porque Ricardo Martins, seu colega de time azul, fez uma excelente terceira etapa, recuperou terreno e terminou a competição em segundo lugar. 
 
Atual campeão nacional de Rally Cross Country e bi do Sertões entre as motos, o mineiro Tunico Maciel venceu a terceira etapa do Rally Jalapão. Por não ter completado o dia anterior, ele estava fora da disputa, mas aproveitou para ganhar ritmo de prova. “Larguei atrás, peguei poeira e consegui imprimir velocidade. A etapa final teve terra, areia e buracos. Foi importante vencer o dia para somar pontos no Campeonato Brasileiro, estou com a cabeça erguida para os próximos desafios da temporada”, conclui.

O Rally Jalapão foi válido como etapa de abertura do Campeonato Brasileiro de Rally Cross Country e incluiu cerca de mil quilômetros, aproximadamente 700 deles de especiais (trechos cronometrados), pelo oeste da Bahia.  

6º Rally Jalapão

Resultados acumulados finais (extraoficiais)

Classificação Geral Motos 
1 - #12 - ADRIEN METGE - 8:07:13 - YAMAHA WR 450F
2 - #3 - RICARDO MARTINS - 8:10:49 - YAMAHA WR 450F
3 - #2 - GREGÓRIO CASELANI - 8:11:35 - HONDA CRF 450RX
4 - #4 - JEAN AZEVEDO - 8:14:24 - HONDA CRF 450RX
5 - #5 - TULIO MALTA - 8:34:15 - YAMAHA WR 450F

Categoria Super Production 
1 - #12 - ADRIEN METGE - 8:07:13 - YAMAHA WR 450F
2 - #3 - RICARDO MARTINS - 8:10:49 - YAMAHA WR 450F
3 - #2 - GREGÓRIO CASELANI - 8:11:35 - HONDA CRF 450RX
4 - #4 - JEAN AZEVEDO - 8:14:24 - HONDA CRF 450RX
5 - #1 - TUNICO MACIEL - 17:11:41 - HONDA CRF 450RX

Categoria Rally Brasil
1 - #11 - BISSINHO ZAVATTI - 9:14:05 - HONDA CRF 250F
2 - #22 - ANDRE BEZERRA - 10:13:27 – HONDA XRE 300
3 - #41 - LEONARDO MARTINS - 10:26:57 - HONDA CRF 250F
4 - #26 - YPIRANGA CORTEZ JR - 11:34:29 - HONDA CRF 250F
5 - #35 - FRANCISCO PITOMBEIRA - 29:47:01 - YAMAHA TTR230

Resultados da 3ª etapa (extraoficiais)

Classificação Geral Motos 
1 - #1 - TUNICO MACIEL - 01:44:19 - HONDA CRF 450RX
2 - #3 - RICARDO MARTINS - 01:44:57 - YAMAHA WR 450F
3 - #4 - JEAN AZEVEDO - 01:47:49 - HONDA CRF 450RX
4 - #5 - TULIO MALTA - 01:48:50 - YAMAHA WR 450F
5 - #8 - BRUNO LELES - 01:48:59 - YAMAHA WR 450F

Categoria Super Production 
1 - #1 - TUNICO MACIEL - 01:44:19 - HONDA CRF 450RX
2 - #3 - RICARDO MARTINS - 01:44:57 - YAMAHA WR 450F
3 - #4 - JEAN AZEVEDO - 01:47:49 - HONDA CRF 450RX
4 - #12 - ADRIEN METGE - 01:51:26 - YAMAHA WR 450F
5 - #2 - GREGÓRIO CASELANI - 02:57:02 - HONDA CRF 450RX

Categoria Rally Brasil
1 - #11 - BISSINHO ZAVATTI - 02:04:02 - HONDA CRF 250F
2 - #35 - FRANCISCO PITOMBEIRA - 02:21:48 - YAMAHA TTR 230
3 - #41 - LEONARDO MARTINS - 02:24:35 - HONDA CRF 250F
4 - #22 - ANDRE BEZERRA - 02:26:45 – HONDA XRE 300
5 - #26 - YPIRANGA CORTEZ JR - 02:55:50 - HONDA CRF 250F

Sertões 2020, de SP ao Maranhão - confira o roteiro