Para usar no dia-a-dia, e também aos finais de semana

Destinada a quem curte uma pilotagem divertida ao longo da semana, modelo 500 cilindradas oferece grande desempenho, excelente dirigibilidade e baixo custo, tanto na aquisição quando na manutenção.

Para usar no dia-a-dia, e também aos finais de semana






Ao contrário da opinião popular, uma streetfighter não é apenas outro nome para uma moto de rua sem carenagens. Pense comigo, para um lutador de boxe, por exemplo, ganhar seu nome, ele deve ter a princípio uma aparência forte. Faz parte do jogo psicológico contra seus oponentes, fator em seguida complementado por sua capacidade técnica.

No caso dos modelos streetfighter, todos os clientes precisam ter também a sensação que ela é uma superbike sem carenagens. Isto é, curva bem, freia melhor ainda e tem no acelerador a capacidade de arrancar cada mililitro de adrenalina do cérebro. Advertisement Este é o caso da Honda CB 500F, uma verdadeira streefighter.

As sutis diferenças em relação às motos speed, a partir daí, começam a ficar despercebidas. Existem muitas motos naked que são agressivas, mas na hora da ação, deixam a desejar.

Outra característica desejada por este tipo de cliente, é que sua moto aparente ser customizada, exclusiva, feita com detalhes não comuns nas motos de grande fabricação. Isto remete às origens deste segmento. Eram tempos em que preparadores “depenavam” as carenagens e outros itens das motos de circuito, para deixar à mostra o motor e os componentes customizados.

Mudou-se a característica da moto. Ela deixou de ser uma speed, indicada para circuitos e para viagens a ritmo acelerado, para se transformar naquela opção excelente para deslocamento diário ao trabalho, visita a amigos nas cidades próximas e viagens eventuais.

Existe uma paixão indiscutível pelo motor de 500 cilindradas. As constantes evoluções tecnológicas em termos de desempenho, aliadas aos melhores sistemas de frenagem e suspensão, deixaram estas opções entre as preferidas de 9 a cada 10 motociclistas, especialmente aos que usam a moto no deslocamento diário e em pequenas ou médias viagens.

A CB 500F da Honda facilita a condução, pois conta com embreagem deslizante. É uma forma interessante de se ter o controle sobre a excelente relação pexo X potência da moto.

Evidentemente vivemos em tempos onde os rachas de rua não são mais tolerados pelas autoridades de trânsito. No passado conseguia-se sempre um espaço para um “peguinha” entre amigos. Os tempos modernos exigem prudência e responsabilidade para conviver em harmonia no trânsito.

Há uma definição interessante, quando pensamos em nossa estrela deste artigo, a Honda CB 500R: “Ela é uma guerreira que veste um belíssimo terno.”. Os acabamentos são primorosos, com detelhes surpreendentes, como o pisca alerta automático, que é acionado quando você pressiona subitamente o pedal, ou a manete, de freio (ou ambos ao mesmo tempo). Este recurso tecnológico é perfeito para alertar a quem vem atrás. Sem dúvida, um knock-out na insegurança de tempos passados.

O chassis da nova CB 500F remete aos modelos mais clássicos de Streefighters. O farol LED superplano, a cauda curta, o motor com brilhos leves. Tudo contribui para a essência desta moto, que agrada na plenitude.

Essa moda das motos naked teve um up no inicio dos anos 2000 e continua forte, duas décadas depois. Os fabricantes entendem cada vez mais os desejos dos clientes, e liberam nas suas linhas de montagem, modelos cada vez mais específicos e conquistadores.

A origem do termo Street Fighter está relacionada mesmo aos tempos de pegas de rua, quando apostava-se quem chegaria primeiro a um determinado local da cidade. São motos que se comportam com agilidade no trânsito. Para isso precisam ser fáceis de conduzir, hábeis na frenagem e igualmente esportas na aceleração. Por este motivo que o motos 500cc tem sido o preferido de grande parte dos clientes.

E há uma outra vantagem, nem sempre levada em conta na hora da compra, mas que eventualmente reflete no saldo bancário: no caso de uma queda, os prejuízos de uma motocicleta naked sempre são menores, que os de uma superesportiva.

Fruto também das extensas consultas de mercado, a Honda aplicou à sua CB 500F um novo tanque de combustível, agora com capacidade superior a 17 litros (17,1 para sermos exatos). Isto permite maior distância entre os abastecimentos.

Já faz algum tempo que os sistemas de freios ABS estão presentes nas motos de média cilindrada, mas eles possuem um controle cada vez mais apurado. No caso da CB 500F, ela conta com disco flutuante na roda dianteira, o que deixa a frenagem mais eficiente. É uma tecnologia que foi amplamente desenvolvida nos veículos off-road e “importada” para a turma que utiliza a moto no asfalto.

As primeiras referências ao estilo surgiram na Itália, em 1993. No ano seguinte, os ingleses já começavam a adotar o mesmo estilo, que ao longo dos anos começou a se espalhar pelo mundo.

Atualmente o mercado conta com diversas opções, e sem dúvida a CB 500F é uma das que merece ser vista com atenção máxima, pois ela efetivamente entrega mais do que aparenta. E como todo bom amigo ou mesmo uma namorada não dispensa a oportunidade de um belo passeio, a moto está sempre preparada para receber o garupa, sem interferir na estabilidade. Isto é possível porque ela conta com o ajuste de pré-carga. Garantia de conforto total para o garupa. Enfim, é o leão na pele do gato. 

SAIBA MAIS

Disponível unicamente em versão a gasolina, a CB 500F conta com Injeção Eletrônica PGM-FI. As rodas são aro 17 polegadas, tanto na dianteira quanto na traseira.

A vista é preciso desembolsar R$ 29.100,00 para levar uma belezinha destas para casa (Preço público sugerido / Frete não incluso). Existe a opção de efetuar o pagamento de uma entrada no valor de R$ 14.790,00 + 48 prestações de R$ 500,00.