A cada quatro motos vendidas no Brasil, uma é CG

Dados da plataforma OLX mostram que Honda liderou a demanda no período de pandemia

A cada quatro motos vendidas no Brasil, uma é CG
Foto: Internet Divulgação






Quando o assunto é encontrar a motocicleta ideal para o dia a dia, a CG da Honda lidera com folga o ranking dos modelos com maior demanda no Brasil. Um levantamento da OLX Brasil, maior plataforma de compra e venda online de veículos do país, mostrou que o modelo japonês foi o mais procurado e vendido entre abril e setembro deste ano em comparação à média de janeiro e fevereiro (período pré-pandemia), representando 26% do total de motocicletas comercializadas por meio da OLX.

As motos que despertaram maior interesse no público foram as de baixa cilindrada, ideais para o dia a dia em grandes cidades. "O menor consumo de combustível dessas motocicletas tornam essa categoria mais atrativa em termos econômicos ao consumidor. Elas também são populares pelo custo mais baixo de manutenção, o que é importante para quem usa diariamente, seja com finalidade pessoal de locomoção ou como um meio de trabalho e fonte de renda, no caso de quem realiza serviços de delivery, por exemplo", diz Flávio Passos, diretor de Autos da OLX Brasil.

CLIQUE E LEIA MAIS: SuperBike Brasil chega ao Paraná

A fabricante japonesa lidera os cinco primeiros lugares no ranking de modelos mais vendidos por meio da OLX durante a pandemia. A cada quatro motos compradas por meio da plataforma, uma é Honda CG, que ocupa o primeiro lugar no ranking. É seguida por Honda CB (9%), Honda Biz (8%), Honda NXR (5%) e Honda XRE (5%)..

 

 

Modelos mais procurados

A Honda também foi destaque entre os modelos com maior demanda por meio da OLX entre abril e setembro. A cada cinco motos procuradas pelos usuários no período, uma é Honda CG, o que representa 21% do total. Na sequência aparecem Honda CB (10%) e Honda Biz (6%).

 

 

Modelos procurados e vendidos com maior variação percentual

A OLX também levantou as motocicletas com maior crescimento na demanda e venda, entre abril e setembro com relação à média de janeiro e fevereiro, período pré-pandemia. Nesse cenário, houve uma mudança no ranking com espaço para outros modelos e marcas, como CRF (Honda), XY (Shineray) e FZ25 (Yamaha), que tiveram maior crescimento na procura, e CRF (Honda), MT-03 (Yamaha) e NMAX (Yamaha), que tiveram maior aumento nas vendas.

CLIQUE E LEIA MAIS: Ducati lança RED WEEK

Para Flávio Passos, os dados indicam que o mercado automotivo está em retomada após o período de isolamento motivado pela crise da Covid-19 - movimento que também pode ser observado em uma pesquisa feita com mais de 5 mil usuários na OLX interessados em comprar motos, que consideraram sites de compra e venda como o melhor lugar para comprar (56%) ou que afirmaram já ter comprado uma moto seminova ou usada (51%). "O comércio online de motos se destaca pela maior oferta de modelos, pela praticidade nas negociações e pela boa relação entre custo e benefício", explica.

CLIQUE E LEIA MAIS: GAS GAS anuncia modelo superesportivo

Crédito:  Tamires Farias