Covid-19 exige cuidados especiais dos motociclistas

Mobil Lubrificantes reforça as principais dicas para ajudar os profissionais a preservarem sua saúde

Covid-19 exige cuidados especiais dos motociclistas
Foto: Internet Divulgação






Para conter o avanço do Coronavírus, os governos do Estado e do município de São Paulo anunciaram medidas restritivas mais duras e que vão impactar diretamente o cotidiano da população. Entre os dias 15 e 30 de março, restaurantes, bares e padarias só poderão funcionar em sistema de entrega (delivery) ou retirada de automóvel (drive-thru), com proibição do consumo e de retirada dos produtos no local. 

Protagonistas na pandemia, os entregadores de serviço de delivery têm sido os grandes responsáveis por impulsionar o mercado de food service. Uma pesquisa realizada pelo Sebrae em parceria com a Associação Brasileira de Bares e Restaurantes (Abrasel) aponta que, antes da pandemia, cerca de 54% dos empresários brasileiros já usavam o delivery em seus negócios. Com as restrições impostas pela crise sanitária, esse percentual subiu para 66%.

Sempre prontos para atender as demandas do mercado, muitos motociclistas seguem expostos aos riscos do Coronavírus, especialmente nesse momento que exige maior atenção e cuidados especiais devido ao alto contágio. Com o objetivo de ajudar a preservar a saúde dos motociclistas, a marca Mobil™, pioneira em lubrificantes com uma linha completa para motos, relembra algumas dicas importantes para a proteção dos entregadores. Confira:

  • Higienize com álcool 70% INPM todas as partes da moto como banco, pedaleiras, manopla e manetes;
  • Redobre os cuidados com o capacete, que devem ser bem limpos com álcool 70% na parte interna, externa, viseira e travas; As partes removíveis do capacete podem ser lavadas com sabão neutro e secas em áreas ventiladas.
  • Os equipamentos de segurança como luvas e jaquetas, também merecem atenção especial e devem ser lavados com maior frequência. Não sendo possível a lavagem frequente, o álcool em gel poder ser utilizado.

Além de seguir as recomendações, é importante que todos os profissionais continuem utilizando máscaras, higienizem as mãos com frequência e mantenham o distanciamento social adequado para conter o avanço do vírus.

 

Crédito: Chiara Paz - Mosaike