Freios: porque mais importante que se mover, é parar!

Na maioria dos momentos difíceis e de maior perigo, é a eles que recorremos.

Freios: porque mais importante que se mover, é parar!
Freios: porque mais importante que se mover, é parar!






Impossível pilotar com segurança sem que os freios de sua motocicleta funcionem perfeitamente. Afinal, na maioria dos momentos difíceis e de maior perigo, é a eles que recorremos. Como prevenir é melhor que remediar, o ideal é sempre realizar a sua checagem. Dessa forma você evita sustos e danos à sua motocicleta. 

  • A primeira checagem a se fazer é o de desgaste da pastilha: o momento da troca deve ser feito quando as ranhuras chegarem ao fim. Pode parecer simples demais, mas a grande maioria dos motociclistas não o faz. O objetivo é conferir o quanto ainda resta de material antes que a base metálica entre em contato com o disco. FIQUE ATENTO!! Se isso acontecer, o poder de frenagem da moto é drasticamente reduzido, fazendo com que seja necessário uma distância bem maior para parar a motocicleta. Além disso, rodar com a pastilha gasta demais ainda causa sérios danos ao disco de freio, podendo inutilizá-lo, o que é bem mais caro que a troca da pastilha. 
  • Outro detalhe que também merece atenção é o fluido de freio. Se estiver faltando ou com o nível baixo, a frenagem pode ser seriamente comprometida. Lembre-se de renová-lo de acordo com o que diz o manual. Dessa forma você prolonga a vida útil dos componentes do sistema, fazendo sua moto rodar mais segura por mais tempo. 

Como você poder ver, são dicas fáceis de serem incorporadas no nosso dia a dia. Pequenas mudanças em nossos hábitos que irão nos garantir mais saúde e segurança.

Material escrito por Fábio Pietrucci, Mecânico Yamaha