Morungaba recebe a segunda etapa do HEBS

A competição ganha um novo formato de disputa e terá novamente a participação das Big Trails.

Morungaba recebe a segunda etapa do HEBS
Crédito: Gustavo Narciso






Neste próximo dia 17 de outubro a cidade de Morungaba, no interior de São Paulo, recebe o Night Track, válido pela segunda etapa do Hard Enduro Brasil Series. A primeira etapa aconteceu em Poços de Caldas - confira como foi, na cobertura da Revista Pró Moto de outubro. A competição ganha um novo formato este ano, com um prólogo durante o dia e um circuito de trilhas para a corrida principal.

 
Prólogo

O Night Track já está em sua 4ª edição e a cada ano a competição ganha novidades. Para este ano, toda a competição acontece em um único dia. No período da manhã, os pilotos farão treino livre cronometrado, em um circuito misto de motocross e um cross country bem técnico, no CT dos Tranqueiras Racing. Cada categoria terá um tempo de pista liberada para fazer a sua melhor volta. As categorias principais, terão ainda baterias com pilotos largando em linha, em busca do melhor tempo, que determinará a ordem de largada para o evento principal da noite.

Main Event

A partir das 18:00, os pilotos farão suas largadas na trilha. A organização desenhou quatro trajetos diferentes, variando o nível de dificuldades, respeitando cada categorias. Com quase 100 pilotos inscritos, o Night Track se consolida com uma das provas mais atraentes do HEBS. "Correr um Hard Enduro noturno, faz o desafio ainda mais interessante". conclui Vincenzo Barbagallo, organizador.

O Hard Enduro Brasil Series, é homologado pela Confederação Brasileira de motociclismo e válido pelo Campeonato Brasileiro de Hard Enduro. A principal disputa será entre o destaque do Rio Grande do Sul, Tiago Mergener, que garantiu a vitória na primeira etapa e o piloto tricampeão brasileiro de Hard Enduro, Rigor Rico, que teve problemas na primeira etapa e não conseguiu pontuar. 

A competição está prevista para encerrar até às 24:00 e a premiação acontecerá somente no Domingo, dia 18 no mesmo local do prólogo. 

CONFIRA COMO FOI A ETAPA DE ABERTURA DO BRASILEIRO DE HARD ENDURO

Big Trail Enduro Series desafia os participantes

 

A segunda etapa do BITES acontece simultaneamente com a etapa do Hard Enduro Brasil Series e ambos são homologados pela CBM, valendo como Campeonato Brasileiro de Big Trail e Campeonato Brasileiro de Hard Enduro, respectivamente. 

 

Para o BITES, os pilotos farão apenas uma bateria e cada categoria terá um tempo de pista liberada, para fazer a sua melhor volta, determinando a sua posição de largada para o evento principal.

Logo após o prólogo, os pilotos inscritos poderão acompanhar a categoria Turismo, destinada aos pilotos que querem desfrutar de um passeio Off Road, mas sem a pressão de uma corrida. Os participantes sairão em comboio guiado, para um tour pela região de Morungaba, fazendo uma parada no centro da cidade para uma visitação local e depois seguem para um almoço no tradicional Restaurante de Joaquim Egídio, Feijão com Tranqueira.  

Main Event

As 17:30 todos os pilotos sairão em comboio para o local da largada e por volta das 18:00, cada piloto, respeitando a seu horário de largada, sairá para as trilhas levantadas exclusivamente para as Big Trails. Apesar de não se tratar de um Hard Enduro para Big Trail, até pouco tempo atrás seria loucura pensar em ver motos desse porte em trilhas, quanto mais em um circuito noturno. “A primeira etapa nos deu uma noção de como está o nível dos pilotos e certamente a cada etapa os pilotos irão se divertir ainda mais. É o primeiro ano do BITES e muita coisa vai se ajustar e melhorar". explica Gustavo Narciso, idealizador do campeonato.  

Disputas de Gigantes

O tamanho das motos impressionam mais do que a novidade. As disputas entre Big Trails em pistas e trajetos onde estamos mais acostumados de ver as motos de enduro, faz tudo parecer mais emocionante. O piloto da categoria Big Pró, Marcelo Gurgel, levou a primeira etapa com a sua CRF1000 Africa Twin, seguido de perto pelo paranaense José Américo, com uma KTM990 e Luiz Alexandre Cury, também de KTM990. André Nogueira, que foi destaque no prólogo da primeira etapa, ficando em primeiro com uma KTM990, teve problemas com um pneu furado e teve que abandonar. O piloto conta que está ansioso para próxima etapa: "Eu nunca rodei a noite e pela primeira vez saí para fazer um treino noturno. Que sensação top!!! É top demais!!! Deu pra sentir como será o Night Track. Estou ansioso pra corrida". finaliza.

 

Categorias

As categorias do BITES são divididas por cilindradas das motocicletas e apenas podem participar, as motos documentadas. Mesmo não sendo consideradas Big Trails, as menores também ganharam seu lugar na categoria Big Light, que contemplam as motos de 248cc até 599cc. A categoria Big, destinadas as motos de 600cc a 750cc, ganhou novos inscritos para essa etapa e promete ser uma categoria muito disputada, com motos clássicas inscritas, como as DR e Tenéré 600. O sucesso da categoria Big Pró, com motos de 751cc até 1000cc, se repete nesta segunda etapa, com pilotos inscritos com motos como África Twin, KTM 990 e F800, que chamam atenção pela força e ciclística em meio as trilhas. As motos acima de 1001cc integram a categoria Heavy Pró. Verdadeiros tanques de guerra, que fazem muitos duvidar ser possível competir, pelo peso e tamanho das motos. Por fim, a categoria turismo, já mencionada anteriormente. Destinada a pilotos que querem uma experiência off road guiada, sem a pressão de uma corrida.

 

Classificação BITES

BIG LIGHT
1º Yuri Zanferrari 25 Pts
2º Lucas Henrique Figueiredo 22 Pts
3º Thiago Cruz 20 Pts

BIG
1º André Buss de Vargas 25 Pts
2º Cecilia Satomi Kondo 22 Pts

BIG PRÓ
1º Marcelo do Amaral Gurgel 25 Pts
2º Jose Americo Fiorillo 22 Pts
3º Luiz alexandre Cury 20 Pts

HEAVY PRÓ

1º Vinicius Jose Lima 25 Pts
2º Guilherme Peloso Araujo 22 Pts
3º Daiane Gaia 20 Pts

Serviço

Local: O Paddock, Secretaria de prova e Prólogo serão no CT do Tranqueiras Racing, na Cidade de Morungaba (SP) 
Informações: (19) 99224-5710

CONFIRA COMO FOI A ETAPA DE ABERTURA DO BRASILEIRO DE HARD ENDURO