Honda encerra temporada com títulos

Equipe foi campeã com pilotos oficiais e satélites na motovelocidade, enduro, motocross e rally

Honda encerra temporada com títulos
Fotos: Janjão Santiago/Doni Castilho/Victor Eleutério - Mundo Press






O ano de 2020 está chegando ao fim com a certeza de ter sido a temporada mais atípica da história – e para a Honda Racing Brasil não foi diferente. Mesmo com o calendário interrompido, readequado e competições canceladas, devido à pandemia, a equipe faturou 28 títulos com os pilotos oficiais e satélites na motovelocidade, enduro, motocross e rally.

No SuperBike Brasil, a Honda Racing conquistou o oitavo título, sendo o quarto consecutivo de Eric Granado, com a moto CBR 1000RR Fireblade SP. Foram oito etapas de agosto a dezembro, com vitórias do time em todas as corridas.

“Assim como no ano passado, fechamos com uma dobradinha, com o vice-campeonato do Pedro Sampaio. Essa conquista é resultado do trabalho de toda a equipe, que se dedicou bastante diante de um calendário com as provas muito próximas umas das outras”, destaca Reinaldo Campos, chefe da equipe oficial de motovelocidade. “A participação do Eric na etapa final do Mundial de SuperBike, em Portugal, foi outro destaque positivo da temporada”, completa.

Para o time de Enduro, o ano foi considerado espetacular, com sete títulos nas principais categorias do Campeonato Brasileiro 2020. Bruno Crivilin confirmou o favoritismo e se tornou tricampeão da Enduro GP (geral) e da classe E1, com a CRF 250RX. Gabriel Soares e Vinicius Calafati venceram a E2 e E3, respectivamente, com a CRF 450RX. Bárbara Neves alcançou o tri na classe feminina com a CRF 250F. A equipe satélite Edgers Factory Team comemorou os títulos brasileiros de Tiago Wernersbach na classe E4 (para motos nacionais), com a CRF 250F, e de Nicolás Rodriguez, na EJ, com a CRF 250RX.

“Mesmo no meio de uma pandemia, conseguimos o objetivo que vínhamos batalhando desde 2017, que era ter no time os melhores pilotos do Brasil em suas categorias e também na geral. Tivemos as participações no Mundial, com o Bruno, que trouxe uma medalha de bronze, e com a Bárbara. Espero que o próximo ano traga bons resultados como os de 2020”, diz Felipe Zanol, chefe da equipe Honda Racing de Enduro.

No rally e no enduro de regularidade, os pilotos oficiais também fecharam a temporada com vitórias em todas as competições participadas. Destaque para Bissinho Zavatti, campeão do Sertões (categoria na Moto 2) e do Brasileiro de Rally Baja (geral e Moto1), com a CRF 450RX. Estreante no time, Thiago Veloso confirmou o título da classe Brasil do Sertões, com a moto nacional CRF 250F.

“Diante de tantas conquistas importantes, foi o nosso ano mais difícil. Perder o Tunico Maciel – que faleceu após uma queda no último dia do Sertões – foi o momento mais triste da minha carreira. Ele era uma pessoa incrível, que sempre estava em busca do primeiro lugar. A temporada 2020 termina com ele como campeão brasileiro de Rally Cross Country na geral e na Moto 1. Estou muito orgulhoso com tudo que ele fez pelo nosso time”, ressalta Dário Júlio, chefe da equipe Honda Racing de Rally e campeão brasileiro de enduro de regularidade na categoria Brasil em 2020.

No motocross, Lucas Dunka conquistou o título brasileiro da MX2, com a CRF 250R, além do bicampeonato do Arena Cross (classe AX2). “A temporada 2020 foi de muitas incertezas. Mudanças de calendário e locais das provas, algumas lesões, tudo muito atípico. Isso aumenta ainda mais a nossa vontade de correr em 2021, esperamos ter um campeonato completo para traçarmos as estratégias. Já estamos trabalhando para chegar com força total no próximo ano”, finaliza Cale Neto, chefe da equipe Honda Racing de Motocross.

 

Títulos Honda Racing Brasil 2020 

1 – SuperBike Brasil – Campeonato Brasileiro – categoria Pro – Eric Granado
2 – SuperBike Brasil – Campeonato Paulista – categoria Pro – Eric Granado
3 – Brasileiro de Enduro FIM – categoria Enduro GP – Bruno Crivilin
4 – Brasileiro de Enduro FIM – categoria E1 – Bruno Crivilin
5 – Brasileiro de Enduro FIM – categoria E2 – Gabriel Soares
6 – Brasileiro de Enduro FIM – categoria E3 – Vinicius Calafati
7 – Brasileiro de Enduro FIM – categoria EF – Bárbara Neves
8 – Brasileiro de Enduro FIM – categoria EJ – Nicolás Rodriguez – Edgers Factory Team
9 – Brasileiro de Enduro FIM – categoria E4 – Tiago Wernersbach – Edgers Factory Team
10 – Brasileiro de Motocross – categoria MX2 – Lucas Dunka
11 – Brasileiro de Motocross – categoria MX3 – Roosevelt Assunção – Circuit Honda
12 – Arena Cross – categoria AX2 – Lucas Dunka
13 – Brasileiro de Rally Cross Country – Geral Motos – Tunico Maciel
14 – Brasileiro de Rally Cross Country – categoria Moto 1 – Tunico Maciel
15 – Rally dos Sertões – categoria Moto 2 – Bissinho Zavatti
16 – Rally dos Sertões – categoria Brasil – Thiago Veloso
17 – Brasileiro de Rally Baja – Geral Motos – Bissinho Zavatti
18 – Brasileiro de Rally Baja – categoria Moto 1 – Bissinho Zavatti
19 – Brasileiro de Enduro de Regularidade – categoria Brasil – Dário Júlio
20 – Rally Cerapió – categoria Brasil – Dário Júlio
21 – Enduro da Independência – categoria Brasil – Dário Júlio
22 – Enduro da Independência – categoria Feminina – Bárbara Neves
23 – Rally Jalapão – categoria Brasil – Bissinho Zavatti
24 – Rally RN 1500 – Geral Motos – Tunico Maciel
25 – Rally RN 1500 – categoria Moto 1 – Tunico Maciel
26 – Rally RN 1500 – categoria Brasil – Bissinho Zavatti
27 – Enduro Costa das Baleias – categoria Brasil – Dário Júlio
28 – Enduro Serra da Mantiqueira – categoria Brasil – Dário Júlio

   

Crédito:  Ângela Monteiro - Mundo Press