Honda amplia fechamento temporário da fábrica de motos em Manaus

Retorno que aconteceria no dia 18 foi adiado em uma semana. Confira mais informações.

Honda amplia fechamento temporário da fábrica de motos em Manaus






A Moto Honda manteve a suspensão das atividades produtivas de sua fábrica em Manaus, Amazonas, por conta do contínuo avanço da pandemia da covid-19. A decisão prioriza a saúde e segurança das pessoas e está alinhada às iniciativas da empresa para conter a disseminação do novo coronavírus no município, que enfrenta sobrecarga no sistema de saúde.

A retomada da produção, anteriormente prevista para o próximo dia 18 de maio, foi prorrogada por uma semana. Desta forma, a atual previsão é que a empresa líder do mercado nacional retorne à fabricação de motos para o dia 25 de maio.

A operação deverá ser reiniciada gradualmente, com adoção de novos protocolos que visam a garantir a saúde e segurança das pessoas.

A maior parte dos colaboradores segue com contrato de trabalho temporariamente suspenso, nos termos previstos na Medida Provisória 936/2020.

Em nota oficial, a empresa informou também: "A Moto Honda reconhece a importância da retomada da produção para a continuidade da operação e de sua ampla cadeia, composta por cerca de 130 fornecedores diretos, centenas de prestadores de serviços e mais de 1.200 pontos de vendas. Nesse contexto, a empresa está, a cada momento, revisando as suas ações visando a conciliar a segurança e saúde das pessoas com a sustentabilidade dos negócios."