KTM confirma retorno ao Mundial de Enduro

Saída do antigo promotor do Campeonato favorece o retorno da fabricante, que estava ausente da competição há alguns anos.

KTM confirma retorno ao Mundial de Enduro






Aparentemente a saída da ABC, empresa que organizava o Campeonato Mundial de Enduro, estava mesmo relacionada diretamente à então ausência do maior fabricante europeu de motos, a KTM. 

As especulações se mostraram corretas, pois hoje a KTM anunciou o seu retorno ao Campeonato na temporada 2021. Eu estive pessoalmente na maior parte das etapas 2020 e era mesmo impressionante ver o grande número de motos Sherco, TM e Beta, em quantidade superior às motos KTM, de maneira desproporcional.

O principal piloto do time laranja já está escalado: Josep Garcia, que correrá pela Red Bull KTM Factory Racing. Campeão Mundial da categoria Enduro2 em 2017, ele passou as temporadas de 2018 e 2019 disputando o World Enduro Super Series, e retornará à categoria Enduro2 (E2) e a bordo de uma KTM 350 EXC-F. Com origem no motocross, o espanhol chegou a correr uma temporada na Red Bull Rookies Cup antes de se decidir pelo enduro. Devido à pandemia, a temporada 2020 do WESS Enduro World Championship foi cancelada e Josep correu o Campeonato Espanhol de Enduro e conquistou os títulos da E2 e da geral. O piloto espanhol confirmou que disputará também algumas etapas do Campeonato Mundial de Hard Enduro.

MUNDIAL 2021

As seis etapas do FIM Enduro World Championship 2021 estão agendadas para começar com o GP de Portugal nos dias 18 a 20 de junho. A série então segue para a Itália, Estônia, Suécia, Alemanha e França.

Estou realmente ansioso para este próximo capítulo da minha carreira. Fazer parte da World Enduro Super Series nos últimos três anos tem sido ótimo. Ganhei muita confiança e experiência. Ajudou-me a crescer como piloto e estou muito feliz com o que conquistei. Voltar ao Campeonato Mundial de Enduro FIM com a KTM, lutar por um título nessa série novamente, é um desafio que estou muito feliz em aceitar. Vou me concentrar no Campeonato Mundial de Enduro FIM, no Campeonato Espanhol de Enduro e em alguns eventos do Campeonato Mundial de Hard Enduro, se os dois campeonatos mundiais estiverem bem alinhados. O objetivo é lutar pelo título do EnduroGP e na classe E2 em todos os campeonatos que participo. Meu objetivo sempre foi vencer, então vou lutar muito e dar tudo de mim para isso. Correr as últimas rodadas do campeonato em 2020 e poder ganhar dois dias tirou um pouco da pressão dos meus ombros. Sabemos que temos o nível para estar lá e em que áreas temos que melhorar. Também sei que tenho uma ótima moto, com a qual corri na temporada passada e me sinto muito confortável. Agora temos que continuar trabalhando, nos prepararmos para a temporada, seguir a estratégia e fazer o melhor que pudermos.Josep Garcia

"Estamos empolgados em ver o WESS Enduro World Championship começar seu próximo capítulo com a introdução do FIM Hard Enduro World Championship, que ainda incorpora uma variedade de estilos de eventos e mantém o espírito do WESS com alguns dos eventos de enduro mais icônicos em todo o mundo em seu calendário. Temos gostado dos desafios que nossas motos, equipe e pilotos enfrentaram enquanto competiam no WESS e continuamos a estar comprometidos com esta série conforme ela avança em 2021. No entanto, um grande e um ponto importante para nós são as mudanças que estão sendo feitas no Campeonato Mundial de Enduro da FIM. Achamos que é o momento certo para voltar a competir nesta série e estamos ansiosos para ver o rumo que ela tomará sob uma nova gestão. Josep é a escolha óbvia para competir neste campeonato e temos fome de sucesso juntos.Robert Jonas - Vice-presidente da KTM Motorsports Offroad