Jonny Walker deixa a KTM

Reestruturação na equipe torna inviável a opção de manter Walker, que fez história no Hard Enduro.

Jonny Walker deixa a KTM
Fotos: KTM Racing Newsletter






A KTM confirmou hoje a saída de Jonny Walker da equipe Red Bull KTM Factory Racing por acordo mútuo. Devido a reestruturação dentro da equipe, que está ligada às mudanças no programa de enduro nas últimas temporadas, Walker ficou sem opções no time para 2021.

Jonny iniciou sua campanha do Hard Enduro a bordo das KTM em 2010, após uma carreira de sucesso como piloto de testes. Na época, com 19 anos de idade, ele trilhou seu caminho até o enduro antes de assinar seu primeiro contrato oficial com a KTM, em 2011. Logo após Walker entrar para a equipe Red Bull KTM Factory Racing, em 2012, Walker venceu o “Erzbergrodeo Red Bull” e o “Hare Scramble”, títulos que ele defendeu com sucesso em 2013.

Em 2015, Jonny levou sua pilotagem ao nível máximo, consolidando posição como um dos melhores pilotos do enduro extreme no “The Tough One”, “Red Bull Romaniacs”, “Red Bull Hare Scramble”, “Hell’s Gate” e “Red Bull 111 Megawatt”. Apesar de uma série de lesões, que resultaram em afastamento da moto durante os anos seguintes, o simpático britânico chegou ao pódio nos enduros extremos e eventos do Campeonato WESS.

Em comunicado oficial, a empresa escreveu: "A KTM gostaria de agradecer a Jonny por tudo que ele conquistou junto com a KTM e a equipe Red Bull KTM Factory Racing ao longo dos anos, incluindo seu enduro extremo e sucessos no Campeonato Mundial de SuperEnduro FIM. A KTM deseja a Jonny tudo de bom para o seu futuro."

Fabio Farioli - Gerente da equipe do Red Bull KTM Factory Racing: “Em primeiro lugar, gostaríamos de agradecer ao Jonny por tudo que ele conquistou com a KTM Factory Racing. Tivemos bons momentos ao longo dos anos e alguns resultados incríveis, incluindo vitórias em alguns dos eventos mais difíceis do duro calendário de enduro, bem como no SuperEnduro World Championship. Ele tem sido uma parte importante de nossa equipe e parte integrante de nosso sucesso contínuo. Apesar de nossos melhores esforços, não conseguimos negociar um acordo para manter Jonny na equipe. Desejamos a ele tudo de bom para o futuro ”.

 

Crédito: KTM Racing Newsletter