Confirmado o Rally dos Sertões 2020

A maior competição da modalidade completa 28 anos

Confirmado o Rally dos Sertões 2020
Fotos: Engenharia de Comunicação






O Rally dos Sertões, considerada a maior competição da modalidade das Américas, está completando 28 anos. Pela primeira vez a prova precisou ser adiada. Prevista para o começo de agosto, agora foi confirmada para iniciar no dia 31 de outubro, com largada no Autódromo Velo Città, em Mogi Guaçu (SP), e chegada no dia 7 de novembro, em Barreirinhas (MA).

Na 28ª edição do evento será adotado um protocolo de segurança especial com diversas medidas e normas de segurança como prevenção ao coronavírus. A caravana das equipes, formadas por competidores, staff, comissões e demais participantes, ficará isolada em bolhas durante o percurso, em acampamentos fechados. As áreas de box de cada equipe serão isoladas em lugares restritos e distantes das cidades, com permissão de entrada apenas para os pilotos e equipes de apoio.

O time da GaiaMX tem por estratégia apostar em pilotos consagrados no Rally dos Sertões. Nesta edição, ela será representada por Tunico Maciel, natural de Lavras (MG), e Bissinho Zavatti, nascido em Monte Alto (SP).

Tunico Maciel é um dos pilotos da nova geração do Rally Cross Country e do Enduro de Regularidade. Ele é o atual campeão brasileiro de Cross Country. No Rally dos Sertões 2020 vai tentar o tricampeonato, já que conquistou o lugar mais alto no pódio nas edições anteriores: 2018 e 2019. “Essas conquistas foram a realização de um sonho. Trata-se de uma competição muito difícil, batalhei, trabalhei e treinei muito, mas nada disso seria suficiente se não tivesse uma equipe dedicada. Isso vai ficar para sempre na minha memória, afinal é o maior rally das Américas e um dos maiores do mundo e que vem crescendo a cada ano”.

O piloto comenta também que no ano passado foi um rally muito duro, com muitas provas especiais longas. “Tivemos a maior prova especial da história dos Sertões, com 545 quilômetros, o que exigiu muito dos pilotos, dos equipamentos e da equipe. É necessário ter um bom ritmo todos os dias. Não adianta nada ir bem em um dia e não nos outros. Para isso, a logística planejada pela equipe e os parceiros que fornecem equipamentos são muito importantes. O time da GaiaMX é como uma família, estou com eles desde o ano passado, todos são muito prestativos, os óculos são excelentes, confortáveis e duráveis”, diz Tunico Maciel.

Bissinho Zavatti, outro representante do time GaiaMX, também tem uma boa trajetória. Ele conquistou o prêmio de melhor piloto off-road em 2020, com o troféu Guidão de Ouro. No currículo, Bissinho é tetracampeão do Rally dos Sertões e bicampeão brasileiro de Rally Cross Country, na classe Brasil. “Este ano a competição vai ser mais restrita, com as provas em bolha vamos ficar ainda mais unidos como equipe. Não vamos ter o calor do público, mas é o momento que o mundo está vivendo e temos que cuidar da nossa saúde e do próximo”.

Bissinho já está na 7ª temporada do Rally dos Sertões. “Tenho uma boa bagagem, a prova é dura e desgastante, exige muito do piloto e do equipamento. Um dia mais difícil que o outro”. Para ele, contar com bons parceiros é muito importante. “Já estou no segundo ano nesse time, a GaiaMX é uma marca que dá total suporte para os pilotos, com equipamentos que nos dão segurança. Além de pilotar temos que ler as planilhas, visualizar GPS e hodômetros, então é fundamental termos óculos que nos ajudem com isso".

O Rally dos Sertões começou em 1991, com a realização do Rally São Francisco, que cruzou o país partindo de Ribeirão Preto, interior de São Paulo, para chegar até as praias de Maceió (AL). No ano seguinte, a competição não teve sequência, voltando a ser realizada em 1993, quando ganhou o nome de Rally dos Sertões.

Na entrada do novo milênio, o evento cresceu bastante, tanto em número de competidores como na chegada de novos patrocinadores, sendo homologado pela FIM (Federação Internacional de Motociclismo), entrando para o calendário mundial da entidade em 2005. Em 2017, em sua 25ª edição, o Rally dos Sertões já figurava entre as maiores provas off-road do mundo, com a participação de competidores de todos os cantos do planeta.

Para 2020, a expectativa de todos os participantes é grande, devido aos protocolos de segurança impostos pela pandemia. Embora não tenha a presença de público incentivando os pilotos, o Rally dos Sertões terá uma grande cobertura on-line, levando a emoção da competição para um público ainda maior.

 

Crédito: Engenharia de Comunicação