Wade Young vence a qualificação no Romaniacs

Contra todas as probabilidades, começou a 17ª edição do RBR

Wade Young vence a qualificação no Romaniacs
Foto: RB Romaniacs






Com os regulamentos estritos da Covid em vigor, o formato deste ano mudou, não aconteceu o prólogo no centro da cidade, nenhuma subida na colina  Gusterita Hill e sem espectadores. Porém, a “Loucura Vertical” começou hoje, recebendo competidores de 29 nações, com uma sessão de qualificação de contra-relógio que aconteceu em pistas que variavam entre 8 e 18 km, dependendo da classe. O tema era pistas mais rápidas e fluidas, onde os competidores se enfrentavam com o objetivo de conseguir tempos mais rápidos.

    Às 9 horas da manhã, sob forte nevoeiro, os concorrentes alinharam-se na largada, após terem passado por uma triagem médica, um procedimento necessário devido aos regulamentos da Covid. Os pilotos da classe Gold foram os primeiros a partirem, a ordem de largada foi baseada nos resultados do ano passado; Manuel Lettenbichler (DEU / KTM) partiu primeiro, seguido por Alfredo Gomez (ESP / Husqvarna) e Graham Jarvis (GBR / Husqvarna). A sessão de qualificação é que determina a ordem de início do primeiro dia  off-road. O vencedor irá largar em terceiro lugar, o segundo lugar larga em segundo e o competidor do terceiro lugar terá uma ligeira desvantagem, já que será o primeiro enviado para o desconhecido logo pela manhã.

    Wade Young (ZAF / Sherco), vencedor em 2018, seguido de uma lesão em 2019, largou hoje na 12ª posição e conseguiu chegar com o melhor tempo, dando-lhe a vantagem estratégica para amanhã. Young estava 44 segundos à frente de Alfredo Gomez e Billy Bolt e 58 segundos à frente do Rei dos Cárpatos, Graham Jarvis. O atual campeão, Manuel Lettenbichler, terminou a prova 1 minuto e 3 segundos atrás do líder e parte amanhã na 5ª posição.

    Rigor Rico sofre queda e abandona dia 1 do Romaniacs

    Wade Young: “Eu não fiz nada de errado hoje, mantive tranquilo e seguro, foi bom. Houve algumas subidas desafiadoras e com muitas raízes. Espero alguns dias longos dias, mas me sinto bem”.

    Alfredo Gomez: “Sem acidentes, poucos erros, boa velocidade e boa partida. A grama está molhada e muito escorregadia, especialmente nas descidas".

    Billy Bolt: “Muito legal, trilhas divertidas, algumas seções mais difíceis. Nevoeiro no início e no final, mas esta agradável em todo o lado, até agora está tudo bem ”

     

    Fabien Poirot que abriu a prova na classe Prata, seguido um minuto atrás por Peter Weiss (DNK) e Fernando Valera (ESP). Os dois primeiros fizeram uma excelente corrida, e terminaram 22 segundos e 38 segundos atrás do líder Joe Deakin (GBR).

    A classe Bronze foi aberta por Jack Berry (GBR), seguido por Gavin McCarthy (EUA) e Dmitry Tagirov (RUS). Mas foi Alexander Gehlert (DEU) quem marcou o melhor tempo.

    O competidor romeno Emanuel Gyenes, o único piloto do mundo a participar de todas as 17 edições do Red Bull Romaniacs, entrou na classe Iron este ano devido a uma lesão que o impediu de competir em sua habitual classe Silver. Apesar das lesões, Mani manteve o recorde de longevidade intacto e conseguiu terminar as eliminatórias da classe Iron na segunda colocação, 22 segundos atrás de Courty Romain (FRA) e mais de dois minutos à frente de Luis Monteiro de Carvalho (BRA) que ficou em terceiro.

    A nova classe Atom, criada este ano para pilotos amadores que querem ter uma chance no Red Bull Romaniacs, foram submetidos a um contra-relógio de 8 km hoje. O competidor mais rápido, Rich Mumford (EUA), completou em 23 minutos e 21 segundos.

    Amanhã, a classe Gold vai cobrir 114 km, a classe Silver 116 km, a classe Bronze 128 km, a classe Iron 89 km e a classe Atom 79 km. As classes Ouro e Bronze serão as primeiras às 7h45.

    Foi um desafio conseguir fazer o Red Bull Romaniacs decolar este ano, o fundador Martin Freinademetz disse: “A situação mudou mais de cem vezes este ano. Tivemos 14 meses para preparar o evento, não nos comprometemos com as medidas de segurança postas em prática. Fizemos muito esforço para realizar a corrida e ficamos muito felizes em mostrar e provar que a Romênia é capaz de oferecer este evento esportivo internacional deste nível mesmo apesar dos tempos difíceis. Apenas 20% dos participantes compareceram e estamos felizes por quem está aqui. Não haverá prólogo ou espectadores este ano e encorajamos as pessoas a seguir nossas redes sociais e notícias ao vivo e TV. "

    GASGAS anuncia chegada de Isak Gifting

    Fonte: RB Romaniacs