RIP Sante Mazzarolo, fundador da Alpinestars

Uma das mais tradicionais marcas do motociclismo mundial perdeu seu fundador no dia 1 de maio.

RIP Sante Mazzarolo, fundador da Alpinestars

O dia 1 de maio marcou a passagem de um nome com grande história para nosso esporte. O italiano Sante Mazzarolo, fundador da Alpinestars, faleceu aos 91 anos de idade.

Inaugurada em 1963 pelo jovem artesão da cidade de Asolo, Norte de Itália, a empresa começou fabricando botas para caminhantes, alpinistas e esquiadores. Daí surgiu o nome ‘estrela alpina’, já que a cidade fica situada junto aos Alpes que dividem Itália e Áustria. A pequena flor estrelada, típica dos Alpes – conhecida como edelweiss (foto a seguir) - sempre apareceu estilizada no logotipo da marca italiana.

Naquela época, um novo esporte chamado motocross estava se estabelecendo e tornando-se bastante popular em toda a Europa. Muito ciente do esporte, Sante percebeu a oportunidade de aplicar seus talentos e perspicácia técnica ao projetar um novo tipo de calçado que atendesse às necessidades e demandas de proteção dessa bela e brutal forma de atletismo. A bota revolucionária que Mazzarolo produziu se tornaria uma lenda da proteção neste esporte.

Pouco depois de estabelecer a empresa em sua sede de última geração em Maser, norte da Itália, Sante começou a trabalhar em uma nova bota revolucionária para pilotos locais de enduro e motocross que começaram a importar motos do exterior e a estabelecer o esporte de off-road na região, com as primeiras corridas. A bota de Sante imediatamente se tornou a líder do setor e uma referência para o desempenho nas corridas. O desenvolvimento começou a partir do momento em que a primeira bota foi produzida, com a ajuda do feedback dos pilotos. 

No início dos anos 1970, o piloto belga Roger de Coster (foto ao final da matéria) trouxe à Alpinestars seu primeiro título no Campeonato Mundial de Motocross. Roger venceu cinco Campeonatos Mundiais de Motocross e dali em diante a marca venceu mais e mais corridas e campeonatos. 

Sante Mazzarolo foi homenageado com vários prêmios italianos de design e produtos nos primeiros anos da empresa, estabelecendo uma reputação de criatividade e inovação que deu outro passo ao iniciar o desenvolvimento de produtos para corridas de estrada na década de 1970. Kenny Roberts se tornou o campeão mundial de maior destaque no Alpinestars quando conquistou seu primeiro título em 1978.

O desenvolvimento continuou em ritmo acelerado, com a empresa produzindo botas para todas as formas de motociclismo, rodoviário e off-road, para uso competitivo e lazer, e em meados da década de 1980 a Alpinestars USA iniciou seus trabalhos em Los Angeles, Califórnia.

Em meados da década de 90, a primeira linha de vestuário técnico foi projetada e lançada e, em 1999, a Alpinestars iniciou o desenvolvimento de roupas de couro de corrida de alto desempenho. Carlos Checa foi o primeiro piloto de MotoGP a testar fatos Alpinestars na categoria rainha e continuou a ajudar nos testes de desenvolvimento, juntamente com muitos outros nomes notáveis, desde então.

O sucesso não se limita a duas rodas. A Alpinestars começou a desenvolver calçados para corridas de automóveis no início dos anos 90, equipando muitos dos principais pilotos de Fórmula 1 e Indycar do mundo ao longo da década, antes de estabelecer um departamento de roupas para motociclistas em 2000.

Em 2004, a Alpinestars iniciou uma parceria com a Honda na Copa do Mundo de Downhill Mountain Bike e no mesmo ano uma nova divisão dedicada à criação e desenvolvimento de roupas esportivas casuais foi aberta em Los Angeles, e a distribuição nos canais de moda de estilo de vida começa em todo o mundo.

Em 2005, Greg Minnaar venceu a Copa do Mundo de Downhill de Mountain Bike da UCI, enquanto o intenso desenvolvimento de roupas e proteção especializadas em MTB continuava antes que a Alpinestars abrisse a distribuição dos produtos em sua coleção de ciclismo em 2010.

A Alpinestars é atualmente líder mundial de produtos de corrida, proteção de airbag para motociclismo, vestuário de alto desempenho e calçados técnicos. A empresa entende que o melhor design e pesquisa são alcançados sob condições extremas. Participações efetivas na Fórmula 1, NASCAR, AMA MX, World Motocross e MotoGP levou à criação do equipamentos técnicos mais avançados, para os principais atletas das corridas mundiais.

A empresa emprega cerca de 500 funcionários em todo o mundo, com sede em Los Angeles, Califórnia, norte da Itália, Tóquio e sudeste da Ásia em Bangkok, Tailândia. 

Enfim, um pequeno império foi construído pelo Sr. Sante Mazzarollo. Que descanse em paz. 

Roger Decoster

Confira o vídeo a seguir, com a apresentação de Randy Mamolla.