Rockstar definida para Mundial HE

Bolt, Gomez e Jarvis já estão em Portugal para a abertura do Extreme XL Lagares

Rockstar definida para Mundial HE
Fotos: Husqvarna Motorcycles






Billy Bolt, Alfredo Gomez e Graham Jarvis, da Rockstar Energy Husqvarna Factory Racing, viajaram a Portugal para disputar o Extreme XL Lagares, a primeira rodada do recém-formado FIM Hard Enduro World Championship. A prova, que decorre de 7 a 9 de maio, segue um calendário revisto em relação aos anos anteriores com uma grande volta para o evento principal, disputado entre as encostas íngremes a leste da cidade costeira do Porto. Antes disso, Billy, Alfredo e Graham enfrentarão um Endurocross e um Prólogo.

Com o adiamento da série SuperEnduro deste ano, Billy Bolt imediatamente voltou seu treinamento para o terreno mais extremo ao ar livre visto em muitos dos eventos do FIM Hard Enduro World Championship. Vencedor do Campeonato WESS de 2018, Bolt está agora ansioso por uma temporada de corridas difíceis de enduro. Vindo de um histórico de testes, o novo formato deve se adequar perfeitamente ao britânico. E entrando na temporada totalmente apto, Billy está focado em buscar vitórias em todos os eventos diante de alguns de seus rivais mais experientes.

Terminando um segundo colocado no WESS Championship 2019, onde a luta pelo título foi direto para o evento final, Alfredo Gomez também é um piloto ansioso para o novo FIM Hard Enduro World Championship. Misturando seus treinos fora da temporada, Alfredo tem trabalhado em sua velocidade absoluta, usando o motocross e até uma moto de neve para aprimorar suas habilidades. Com Gomez planejando pilotar sua motocicleta TE 300i de 2, os eventos programados para a temporada de 2021 parecem se adequar perfeitamente a ele. Em boa forma e com vontade de conquistar o título mundial, o espanhol vai dar tudo para um bom resultado na primeira jornada em Portugal.

Com mais experiência do que qualquer outro piloto em sua classe, Graham Jarvis é sem dúvida o favorito para conquistar o primeiro título de Campeonato Mundial de Hard Enduro da FIM. O formato de disciplina mista do Campeonato WESS de saída nem sempre favoreceu o piloto britânico de 46 anos, com ele perdendo nas provas mais rápidas. Agora, com a mudança para uma série totalmente extrema, Graham está silenciosamente confiante de que anunciará o título quando a série chegar ao fim em GetzenRodeo, no final de outubro.

Uma evolução do Campeonato WESS, o 2021 FIM Hard Enduro World Championship vai desafiar os pilotos com uma série exaustiva que consiste inteiramente em eventos de enduro duro. Após a primeira etapa em Portugal, os concorrentes irão disputar corridas em toda a Europa e até viajar para a América do Norte para o Tennessee Knock Out. Todos os olhos estarão voltados para a Alemanha para a rodada final, GetzenRodeo, no final de outubro, quando o Campeonato Mundial FIM Hard Enduro inaugural chegará a uma final emocionante.

Billy Bolt: “Depois de uma temporada tão perturbada no ano passado, estou realmente ansioso para voltar a um cronograma mais regular em 2021. Obviamente, fiquei desapontado quando o campeonato do SuperEnduro foi adiado, mas isso me deu mais tempo para me preparar para o novo Campeonato Mundial FIM Hard Enduro. No geral, estou me sentindo bem fisicamente e estou muito feliz com o progresso que fizemos com minha moto. Vou pilotar o 2 tempos em todos os eventos e tenho conseguido sair e passar muitas horas na TE 300i. Acho que a mudança para todo enduro é a certa e eu definitivamente gosto de competir nas outras disciplinas, mas para o esporte crescer como um todo, estamos definitivamente indo na direção certa. Vai ser importante terminar com força em todas as rodadas deste ano. Em 2019 perdi algumas corridas depois de quebrar a perna, mas este ano o objetivo é ganhar o campeonato com certeza. Fiz isso em 2018 e com a mudança para 100 por cento extremo este ano, vou dar tudo de novo e espero estar em algum lugar perto do final da série".

Alfredo Gomez: “Estou me sentindo bem. Tenho treinado o máximo que posso, como sempre, antes do início de um campeonato. Estou saudável e felizmente não tive nenhuma queda na pré-temporada, então posso ir para a primeira rodada da série totalmente apto. Eu tenho misturado um pouco o meu treinamento, me concentrando no lado extremo, é claro, mas também fazendo mais trabalho de velocidade na moto de motocross. Estou tão feliz que vamos correr novamente e mal posso esperar para alinhar em Lagares. Com o campeonato sendo todas as corridas extremas, deve me servir muito bem e por isso estou realmente ansioso para lutar pelo título. Se eu conseguir passar a temporada sem erros ou quedas e estar no pódio ou perto do pódio em todas as rodadas, terei uma boa chance”.

Graham Jarvis: “Estou ansioso pela temporada. Tenho treinado muito e tive um bom inverno na Espanha testando em ótimas condições, então acho que isso vai ajudar. Espero que este campeonato mundial de novo formato seja adequado para mim, estou um ano mais velho, mas o campeonato parece bom para mim, com algumas corridas difíceis, os clássicos e alguns novos. O time está bom como sempre, o Damo está trabalhando bem, então agora o plano é só ir lá e curtir. Estou ansioso para começar”.

 

Crédito: Husqvarna Motorcycles