Solidariedade: trilheiros fazem a diferença

Grupo de amigos capixabas levou mantimentos e liberou estradas que foram duramente castigadas pelas chuvas

Solidariedade: trilheiros fazem a diferença
Galera das trilhas mais uma vez ajudando as pessoas necessitadas pelas fortes chuvas!
Solidariedade: trilheiros fazem a diferença


 

Na semana passada as chuvas castigaram vários municipios no sul do Espírito Santo, o índice pluviométrico registrou um recorde de água devido vários rios e seus afluentes terem transbordados nessas regiões do Espírito Santo e na divisa com Minas Gerais.

Estima-se que mais de 10 mil estejam desabrigados, muitos perderam tudo, 90% do comércio foi totalmente destruido e agora com a baixa das águas fica o árduo trabalho de retirar as lamas que invadiram casas & ruas e salvar aquelas pessoas que estão isoladas em regiões mais remotas no interior.

Pelo espírito do OFF ROAD ser muito forte e presente na região, vários grupos de trilheiros ajudaram no apoio ás vitimas, existem locais inclusive que só se pode chegar de moto. As cidades de Alfredo Chaves, Iúna, Castelo, Cachoeiro de Itapemirim e Alegre foram destruidas devido a inundações causadas pela chuva e estes grupos auxiliaram os bombeiros nas limpezas das ruas para retirar a lama conforme as fotos abaixo:

O prefeito de Vargem Alta/ ES (outra cidade devastada) contou que os moradores estavam bem, porém as estradas estavam todas fechadas e não passava nenhum tipo de veículo. “Tiramos os galhos onde foi possível. Encontramos um homem que estava com uma infecção no joelho e não podia sair de casa. Os bombeiros foram acionados e o morador foi socorrido pelo helicóptero de resgate.

Além da ajuda, o grupo pode perceber o tamanho da tragédia causada pela chuva na região. “Foi muita destruição, coisa que eu nunca tinha visto. Só chegava de moto de trilha, mesmo. Em hipótese nenhuma se chegava de carro lá. Tiramos uma foto em que o nível da água chegou a dois metros acima da nossa altura. Coisa inacreditável”, acrescentou um dos voluntários.

Os grupos de trilheiros (Trail Clube de Guarapari, Equipe Mr.M/ Paraíso, Gigantes da Trilha/ Alegre, Equipe Trilha/ Muniz Freire, galera de Venda Nova dentre muitos outros) foram responsáveis em levar não só donativos, mas também muita solidariedade, carinho e disposição extra para ajudar aquelas comunidades mais afetadas na região do estado.

Ainda é possível ajudar

Quem ainda quiser fazer doações para os municípios atingidos pela chuva, a Associação Festa da Polenta (Afepol) de Venda Nova do Imigrante está recebendo os donativos durante a semana. As pessoas podem entregar as doações na sede da associação, em frente ao Centro de Eventos Padre Cleto Caliman, o “Polentão”.