Yamalube R3 bLU cRU Cup retorna a Curvelo(MG)

Circuito dos Cristais volta a receber as disputas do maior campeonato monomarca

Yamalube R3 bLU cRU Cup retorna a Curvelo(MG)
Fotos: LZ Photos






A cidade de Curvelo recebe neste final de semana a terceira rodada do Campeonato Brasileiro de Motovelocidade. Na programação das disputas no Circuito dos Cristais, estão mais duas provas da copa monomarca da Yamaha, a Yamalube R3 bLU cRU Cup. As corridas no sábado e domingo (31/10 e 1º/11) terão grid cheio, com 35 pilotos acelerando suas Yamaha YZF-R3.
 
Com duas sub-categorias, a R3 Cup para atletas de 12 a 22 anos, e a R3 Pró para pilotos com mais de 22 anos, têm protagonizado grandes disputas e grandes emoções em todas as etapas. Do sinal de largada até a bandeirada de chegada, são inúmeras ultrapassagens e trocas de posições entre os pilotos. A modalidade é referência na formação de novos pilotos no país, e dela saíram Ton e Meikon Kawakami, além de Felipe Macan, que disputaram o Mundial de Superbike este ano.

O Circuito dos Cristais sediou duas provas da categoria esse ano, pela segunda rodada da temporada, em setembro. A alta competitividade prevaleceu nos dois dias de disputas e o maior exemplo foi a diferença na linha de chegada, na prova de domingo, que ficou em 0,002s, com vantagem de Humberto Turquinho Júnior sobre Fabio Florian.
 
Turquinho Júnior, aliás, lidera a R3 Cup após quatro etapas disputadas, com Fabio Florian em segundo e caíque Lanna em terceiro. Na R3 Pró, a liderança é de Michel Velludo, com Rafael Palmieri na segunda colocação e Guilherme Soares em terceiro.
 
Subsidiada pela Yamaha, a categoria fornece as motocicletas YZF-R3 prontas para a corrida, incluindo pneus, combustível, supervisão e assistência técnica. Todas as motos são iguais e sorteadas entre os pilotos em cada prova, por isso mesmo é garantia de grandes disputas na pista. Além disso, a montadora oferece suporte de mecânicos da Yamaha Racing Brasil, engenheiro de telemetria, estrutura de box, transporte e manutenção, além de brindes bLU cRU. As corridas têm completa estrutura de divulgação, com transmissões ao vivo e produção de conteúdo para as redes sociais.

Os patrocinadores da Yamalube R3 Cup são: Yamalube, Eneos, Alemão Pneus, Nacar Motorcycles, Ello, Diafrag, 2MT, LS2, Pirelli, AD78, PlayStation, Monster Energy, iPlanForest, Flip Racing, Jeskap, Retroglass, Banco Yamaha, Design e Hel.
 
Programação Yamalube R3 Cup – Curvelo/MG

Sexta-feira (30/10/2020)
10h30 às 11h Yamalube R3 Cup – Treino Livre
14h10 às 14h40 Yamalube R3 Cup – Treino Livre

Sábado (31/10/2020)
9h05 às 9h25h Yamalube R3 Cup - Treino Livre
13h05 às 13h25 Yamalube R3 Cup - LS2 Superpole
16h00 às 16h45 Corrida 1 Yamalube R3 Cup

Domingo (1º/11/2020)
8h35 às 8h50 - Yamalube R3 Cup - WARM UP
11h35 às 11h55 Corrida 2 Yamalube R3 Cup*
  
*Corrida 2 será transmitida ao vivo no YouTube da Yamaha Racing Brasil
   
Classificação do Campeonato

Categoria R3 Cup
1º) Turquinho Júnior / 85 pontos
2º) Fabio Florian / 62 pontos
3º) Caíque Lanna / 55 pontos
4º) Gustavo Manso / 51 pontos
5º) Leo Manella / 45 pontos

Categoria R3 Pró
1º) Michel Velludo / 91 pontos
2º) Rafael Palmieri / 71 pontos
3º) Guilherme Soares / 58 pontos
4º) Alex Schultz / 54 pontos
5º) Pierre Balducci / 45 pontos

Calendário*
1) 8 e 9 de agosto / Goiânia – GO
2) 26 e 27 de setembro / Curvelo – MG
3) 31 de outubro e 1º de novembro / Curvelo – MG
4) 21 e 22 de novembro / Cascavel – PR
5) 12 e 13 de dezembro / Goiânia – GO
 

*sujeito a alterações

Saiba mais sobre a Yamalube R3 bLU cRU Cup

A categoria é subsidiada pela Yamaha, que fornece as motocicletas YZF-R3 prontas para a corrida, incluindo pneus, combustível, supervisão e assistência técnica. Além disso, a montadora oferece suporte de mecânicos da Yamaha Racing Brasil, engenheiro de telemetria, estrutura de box, transporte e manutenção, além de brindes bLU cRU. As inscrições para as 35 vagas da temporada se esgotaram em menos de 24 horas.

Em 2020, a Yamalube R3 bLU cRU Cup também se preocupa com a sustentabilidade. Todo gasto de carbono, desde o transporte das motos até a logística dos pilotos para se deslocarem para as corridas, é compensado com reflorestamento em larga escala, possibilitando a recuperação de áreas degradadas ou o plantio de novas áreas, com o objetivo de compensar o carbono emitido, em uma parceria com o iPlantForest.

 

Crédito: Yamaha Racing Brasil