Yamaha vence no primeiro dia em Apiá

No domingo serão decididos os campeões da temporada do BRMX

Yamaha vence no primeiro dia em Apiá
Foto: Rodrigo Junior






O primeiro dia da rodada dupla do Brasileiro de Motocross 2020 em Apiaí-SP, neste sábado (28/11), teve mais uma vez o domínio da Yamaha Monster Energy Geração. Paulo Alberto foi o grande destaque do dia ao vencer as duas baterias da MX1 e a categoria promocional Elite MX. Com os resultados, o piloto da Yamaha vai para as provas finais neste domingo (29/11) na liderança do campeonato nas duas classes. O vice-líder é o seu companheiro de equipe, Carlos Campano.

Esta foi a primeira das duas rodadas deste fim de semana. Neste domingo, será realizada a rodada final do campeonato, quando serão decididos os campeões da temporada.

Resumo das provas de sábado

Na categoria MX1, Paulo Alberto venceu a primeira bateria após Carlos Campano liderar quase toda prova. O espanhol sofreu com problemas elétricos e perdeu posições. E na segunda bateria, Paulo foi absoluto após 15 minutos de prova, vencendo seguido de Carlos Campano.

Fábio Santos mostrou consistência e velocidade para conquistar a segunda colocação na soma das baterias da MX1. Pepê Bueno também fez bonito e venceu a bateria da MX2. Maiara Basso, que liderou boa parte da sua bateria, finalizou na segunda posição na MXF.

Confira abaixo os resultados deste sábado, a classificação do campeonato e a programação deste domingo. As corridas têm transmissão no canal do YouTube da CBM.

Resultados de sábado / 5ª etapa do Brasileiro de Motocross 2020

MX1 – 1ª Bateria
1) Paulo Alberto 
2) Anthony Rodriguez
3) Fábio Santos 
4) Gustavo Pessoa
5) Jetro Salazar

MX1 – 2ª Bateria
1) Paulo Alberto 
2) Carlos Campano 
3) Jetro Salazar
4) Fábio Santos 
5) Anthony Rodriguez

Soma das duas baterias MX1
1) Paulo Alberto / 50 pontos
2) Fábio Santos / 38 pontos
3) Anthony Rodriguez / 38 pontos
4) Carlos Campano / 36 pontos
5) Jetro Salazar / 36 pontos

MX2 – 1ª Bateria
1) Pepê Bueno 
2) Lucas Dunka
3) Leonardo Souza
4) Juninho Tayt-Sohn
5) Leonardo Cassarotti

MX2 – 2ª Bateria
1) Frederico Spagnol
2) Lucas Dunka
3) Leonardo Souza
4) Pepê Bueno 
5) Leonardo Cassarotti

Soma das duas baterias MX2
1) Lucas Dunka 44
2) Pepê Bueno / 43 pontos
3) Leonardo Souza 40
4) Frederico Spagnol 34
5) Leonardo Cassarotti 32

Promocional Elite MX
1) Paulo Alberto 
2) Carlos Campano 
3) Jetro Salazar
4) Fábio Santos 
5) Anthony Rodriguez
11) Pepê Bueno 

MXF
1) Mariana Balbi
2) Maiara Basso 
3) Larissa Dallo Laira
4) Tayna Zolet
5) Thais de Castro Nascimento

MXJR
1) Garmichel Rodrigues  
2) Gabriel Marcolin
3) Bernardo Tiburcio
4) Pietro Dalla Nora
5) José Arantes Bráulio
6) Vitor Hugo Borba 

Classificação do campeonato após 5 etapas

MX1
1. Paulo Alberto – 180 Pontos
2. Carlos Campano – 169 Pontos
3. Anthony Rodriguez – 152 Pontos
4. Gustavo Pessoa – 132 Pontos
5. Humberto “Machito” Martin – 117 Pontos

MX2
1. Lucas Dunka – 174 Pontos
2. Pepê Bueno – 157 Pontos
3. Fredy Spagnol – 142 Pontos
4. Leo Souza – 137 Pontos
5. Gabriel Andrigo – 126 Pontos
 
Promocional Elite Mx
1. Paulo Alberto – 95 Pontos
2. Carlos Campano – 86 Pontos
3. Anthony Rodriguez – 83 Pontos
4. Jetro Salazar – 61 pontos
5. Gustavo Pessoa – 60 Pontos

MXF
1. Mariana Balbi – 75 pontos
2. Maiara Basso – 66 pontos
3. Larissa Dalló – 54 pontos
4. Tayna Zolet – 54 pontos
5. Thais de Castro – 50 pontos
 
Paulo Alberto: “Consegui vencer as duas baterias e ampliamos a vantagem no campeonato e agora estamos liderando a MX1 e a Elite. Amanhã teremos mais um dia com duas baterias, ainda há muito por fazer, muita corrida pela frente. Estamos em uma boa posição, mas vamos manter o foco para vencer de novo neste domingo e sairmos daqui com os títulos”.

Carlos Campano: “Foi um pouco difícil para mim, por problemas mecânicos que tive na primeira bateria, mas estou satisfeito, na semana passada caí e machuquei a virilha, estava sentindo algumas dores nesta etapa, mas consegui andar, consegui ser rápido. Fiquei a semana toda na fisioterapia e a equipe me ajudou muito para que eu pudesse correr nas melhores condições. Na primeira bateria eu me senti bem, larguei na frente, abri uma boa vantagem na liderança, mas infelizmente tive uma falha mecânica e tive que finalizar em sétimo, quando já tinha a corrida bem controlada. Na segunda bateria não consegui largar tão bem, mas fiz uma boa corrida e consegui chegar em segundo, atrás do Paulo, que venceu a corrida. Por causa da falha mecânica perdi a liderança, mas ainda sou o segundo e estamos na briga. O Paulo andou muito bem hoje e eu também estou muito satisfeito porque andei bem”.

Fabio Santos: “As corridas hoje foram muito boas, consegui largar no pelotão da frente e fazer uma prova consistente, fazendo um 3º e um 4º lugares, finalizando com um 2º  na geral da MX1. Para este domingo preciso melhorar meu início de corrida. Acredito que terei resultados melhores ainda”.

Pepê Bueno: “Primeira bateria eu demorei um pouco pra me encontrar na pista porque não tivemos treinos hoje (sábado), apenas duas voltas de reconhecimento. Mas, assim que me senti mais a vontade, fui pra cima e consegui chegar ao primeiro lugar para vencer. Na segunda bateria, com as 450, acabei ficando atrás de alguns pilotos de 450 e não consegui fazer muitas ultrapassagens. Ainda temos o domingo, mais duas corridas. Vamos com tudo!”.

Maiara Basso: “Minha corrida foi boa, larguei na terceira posição e na primeira volta já assumi a primeira posição. Eu imprimi um bom ritmo, mas faltando uns 12 ou 13 minutos pro fim eu cai pra segunda posição. Faz parte, infelizmente não consegui me soltar e não fui rápida o suficiente para vencer a prova”.