Segundo pódio consecutivo no AMA Supercross

Colt Nichols e Christian Craig da equipe Yamaha Racing voltaram ao pódio em Houston

Segundo pódio consecutivo no AMA Supercross
Fotos: Yamaha Racing






 Colt Nichols e Christian Craig, da Monster Energy Star Yamaha Racing, voltaram ao pódio pela segunda corrida consecutiva, cruzando a linha de chegada em segundo e terceiro lugar, respectivamente, na noite de terça-feira em Houston, Texas. Foi apenas uma breve reviravolta para o segundo Round do Monster Energy AMA Supercross 250 SX East Championship, mas ambos os pilotos começaram de onde pararam e rapidamente mostraram força. Craig foi mais uma vez o qualificador mais rápido com Nichols logo atrás em segundo.

No Evento Principal, Nichols que largou em quinto lugar, na segunda volta subiu para quarto. Oklahoman manteve a posição até que seu companheiro de equipe o ultrapassasse antes da metade da corrida. Conforme a corrida avançava, Nichols começou a encontrar seu ritmo e ultrapassou seu companheiro de equipe nas voltas finais para terminar em segundo.

O terceiro lugar de Craig ajudou a garantir a placa vermelha antes da terceira rodada do campeonato na noite de sábado, 23 de janeiro, no NRG Stadium, em Houston. Nichols terminou em segundo lugar na classificação leste 250SX, três pontos atrás de seu companheiro de equipe.

Wil Hahn, Gerente de equipe Monster Energy Star Yamaha Racing 250: “Nós nos saímos muito bem o dia todo. Estamos constantemente nos esforçando para chegar ao degrau mais alto,  então temos que ser um pouco melhores do que somos. Ao mesmo tempo, terminamos a noite em segundo e terceiro e ainda temos a vantagem de pontos, 1º e 2º na pontuação, na verdade. Acho que ainda é muito positivo, então não podemos perder isso de vista”.

Colt Nichols: “Esta noite foi muito boa no geral. Fiquei em segundo lugar, por isso não posso reclamar porque consegui alguns pontos positivos. Só não executei a largada como se precisasse lutar pela vitória, estou chateado por isso. Preciso melhorar, levei muito tempo para ir para cima, estava atrasado e demorei muito para brigar pela vitória. Precisamos trabalhar esta parte e só assim estaremos prontos para tentar obter a vitória no sábado".

Christian Craig: "Foi um evento muito marcante. É legal ter esses pratos vermelhos. Eu nunca estive nessa situação antes, então não sabia o que esperar. Mas sim, é ótimo. A corrida  principal começou bem. Eu dei a volta pelo meio e logo depois comecei a ultrapassar os pilotos. Tive que administrar algumas situações durante toda a corrida. Cometi pequenos erros nas últimas três ou quatro voltas e acabei finalizando em terceiro, então não posso estar muito bravo, mas por outro lado, tenho que corrigir esses erros para o próximo sábado”.

 

Crédito: Yamaha Racing