Franco Morbidelli vence o GP de Teruel

O ítalo-brasileiro assumiu a liderança ainda na primeira

Franco Morbidelli vence o GP de Teruel
Fotos: Yamaha MotoGP / Petronas SRT






Domingo de vitória com autoridade de Franco Morbidelli na MotoGP! O Grande Prêmio de Teruel, disputado neste domingo (25/10) no Circuito MotorLand Aragón, na Espanha, teve o ítalo-brasileiro no degrau mais alto do pódio, com Maverick Viñales finalizando a prova na sétima colocação e Fabio Quartararo em oitavo.

Com a sua segunda vitória na temporada, Morbidelli, piloto da Petronas Yamaha SRT, assumiu a quarta colocação no campeonato, a 25 pontos do líder.

Único representante da Monster Energy Yamaha MotoGP, já que Valentino Rossi continua se recuperando da infecção pelo Covid-19, Maverick Viñales finalizou a prova na sétima posição, após largar da 4ª posição no grid. O espanhol optou por dois pneus macios na sua moto, que não funcionaram como queria, tendo problemas de aderência. Com os resultado, marcou pontos importantes no campeonato, permanecendo em terceiro na classificação, diminuindo para apenas cinco pontos a diferença para Quartararo.

Vencedor de três provas na temporada, Fábio Quartararo foi capaz de conquistar pontos importantes na luta pelo título. O francês imprimiu um bom ritmo e chegou a lutar pelas primeiras posições, mas, assim como Viñales, sofreu com problemas de aderência, principalmente na parte final da prova, cruzando a linha de chegada em oitavo e mantendo a segunda colocação na classificação.

A Yamaha continua na liderança da classificação dos construtores, enquanto na disputa por equipes a Petronas Yamaha SRT ocupa a segunda colocação e a Monster Energy Yamaha MotoGP está em quarto lugar.

Os pilotos aproveitam um breve descanso agora e, com três etapas para o fim do campeonato, retornam no final de semana de 6 a 8 de novembro para a primeira de duas corridas consecutivas no Circuito Ricardo Tormo, na Espanha. A etapa final será realizada em Portugal, no Circuito de Algarve, dia 22 de novembro.

 

Resultados – 11ª Etapa - Grande Prêmio de Teruel
1) Franco Morbidelli – 41'47.652
2) Alex Rins + 2s205
3) Joan Mir + 5s376
4) Pol Espargaró +10s299
5) Johann Zarco +12s915
7) Maverick Viñales +14s262
8) Fabio Quartararo +14s720
 

Classificação do Campeonato após 11 etapas:
1º) Joan Mir / 137 pontos
2º) Fabio Quartararo / 123 pontos
3º) Maverick Viñales / 118 pontos
4º) Franco Morbidelli / 112 pontos
5º) Andrea Dovizioso / 109 pontos
15º) Valentino Rossi / 58 pontos

  

Maverick Viñales - Monster Energy Yamaha MotoGP

"Tenho certeza de que para nós a opção de pneu macio-macio foi a certa. Vimos na última corrida que o Fábio optou pela frente média e a pressão estava muito alta, então ele perdeu muitas posições. Preferimos rodar com o pneu macio que era, digamos, 'a opção mais segura'. Com os pneus macios normalmente consigo rodar muito bem, por isso pensei que isso não seria um problema, só que hoje não tive aderência nos pneus. Tive apenas nas três primeiras voltas, então tive uma grande queda nos pneus e vibração, então não pude fazer nada. Precisamos enfrentar os fatos. Hoje é o que é. O único aspecto positivo é que pretendíamos terminar à frente do Fábio, a melhor Yamaha da classificação, e conseguimos. Vamos tentar fazer melhor em Valência e aprender com as coisas que erramos durante esta corrida. Com certeza, esse resultado está longe do nosso potencial,e precisamos entender isso para colocar a melhor versão da nossa moto na pista."

 

Fabio Quartararo - Petronas Yamaha SRT

"Realmente queria um pouco mais na corrida de hoje, pois encontramos algo esta manhã que melhorou a moto, mas não ajudou tanto quanto pensávamos que ajudaria na corrida. As sensações não eram boas, mas marcámos alguns pontos hoje e fizemos uma corrida bastante boa, consegui lutar e defender a minha posição. Tentaremos ser mais rápidos na próxima corrida em Valência, que é uma pista de que gosto e que tive boas sensações lá no ano passado. Ainda faltam três corridas este ano e sabemos o quanto podemos ser rápidos, por isso posso não estar muito contente com o resultado de hoje, mas sei que temos boas oportunidades e estou ansioso por isso."

 

Franco Morbidelli - Petronas Yamaha SRT

"Estou muito feliz com essa vitória. É um pouco diferente de quando ganhei em Misano, vem do trabalho árduo que a equipe fez. Eles fizeram um trabalho incrível e trabalharam muito bem juntos para conseguir esta vitória. A moto estava perfeita durante a corrida, estava me sentindo muito bem e apenas tinha de me concentrar em levar a moto à linha de chegada no tempo mais curto e rápido possível. Essa vitória é para eles, para minha equipe. Sem seu trabalho, não teria sido possível. Então obrigado. Agora estamos a apenas 25 pontos da liderança do campeonato, o que significa que é hora de irmos super agressivos nas últimas três corridas deste ano."

 

Crédito: Yamaha Racing Brasil